O Conselho Federal de Medicina pede a atenção dos 370 mil médicos do país para uma campanha em busca das crianças desaparecidas.

Data: 28/12/2011