Senado aprova medida provisória que libera a venda de remédios que não necessitam de prescrição médica nos mercados. Projeto aguarda aprovação de Dilma.