A denominação é recente, assim como esse distúrbio dos tempos modernos. Se a tecnologia é solução para muitos, pode ser um problema para outros.

O Text Neck, nome dado ao problema, está lotando as clínicas. Este mal atinge pessoas de qualquer idade, basta usar o celular por muitas horas.

Descubra se você tem nomofobia.

Para infectologista, apesar da importância da desinfecção desses aparelhos, o recomendado é evitar preocupações obsessivas com limpeza.

As telas de uma estação de trem mostram uma situação abusiva entre um casal com a seguinte chamada “Use o seu celular para acabar com isso agora! Afaste ele daqui.”

O medo se chama nomofobia e é responsável por sentimentos de angústia e isolamento naqueles que ficam sem acesso ao celular e às redes sociais.

É muito comum encontrarmos informações conflitantes sobre fatores que afetam a infertilidade masculina, então, vamos desmistificá-las!

Todo mundo sabe que falar no celular enquanto dirige fragmenta a atenção, colocando a própria vida e a vida de outras pessoas em risco.

Alguns profissionais da área dizem que não é bem assim.

Primeiro, não. Não é permitido acessar a internet da prisão; isso é feito por meio de celulares contrabandeados.

Computadores do tipo tablet, caso do iPad, e outros aparelhos portáteis como o iPhone, o iPod touch, além dos vários modelos de celular com tela sensível ao toque podem facilitar a contaminação de pessoas e a transmissão de doenças infecciosas.

A denominação é recente, assim como esse distúrbio dos tempos modernos. Se a tecnologia é solução para muitos, pode ser um problema para outros.

Quem vive a até 100 m de antena de celular tem 33% mais risco de morrer de câncer do que a população geral. A informação é de uma pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais.

Uma das primeiras reações da atualidade frente a uma situação inesperada é pegar o celular do bolso, tirar foto, filmar, dividir com os amigos nas redes sociais e mais tarde publicar no blog pessoal. Tudo isso antes de sair correndo.

Somos “malabaristas” de eletrônicos. Em uma manobra “quase” perfeita, adolescentes usam três ou quatro deles ao mesmo tempo.

Você já deve ter ouvido muitas coisas a respeito dos riscos que o telefone celular pode oferecer à sua saúde, entre eles câncer e disfunções neurológicas. Agora, até que ponto acreditar? Quem pode garantir se essas informações são confiáveis?

A utilização do telefone celular para atividades que vão muito além de simplesmente atender uma ligação telefônica não é novidade. Agora, você já imaginou ser curado de uma doença simplesmente ao ouvir o ringtone do seu celular? O que parece brincadeira esta de fato acontecendo no Japão.