A Wimpy, rede de fast food presente na África do Sul, queria contar de uma forma especial às pessoas com deficiência visual que há o menu em Braille nos estabelecimentos.

O aparelho foi implantado atrás de uma das retinas do finlandês Mikka Terho, portador de uma rara doença hereditária chamada retinite pigmentosa. Ele começou a perder a visão na adolescência.

Foi-se o tempo em que o Kindle, eletrônico de livros digitais, vinha com a opção de leitura em voz alta do livro pelo aparelho, o que facilitaria a vida de deficientes visuais.