Postos de saúde em todo o país disponibilizarão a vacina até o dia 22 de maio.

Postos de Saúde do Estado de São Paulo já estão aplicando a vacina.

Imunização foi prorrogada porque Estado registrou neste ano 90% de todos os óbitos registrados por gripe H1N1 no Brasil

São 2 gotinhas que protegem seu filho. Nos dias 18 de junho e 13 de agosto, além dos postos de saúde, a vacina será aplicada em shoppings, aeroportos e rodoviárias.

O Senado aprovou um projeto de lei que inclui cinco vacinas no calendário básico de vacinação da criança. Com o projeto, o SUS passa a ser obrigado a disponibilizar as vacinas: hepatite A, meningocócica conjugada C, pneumocócica conjugada 7-valente, varicela (catapora) e pneumococo.

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oferece, até o final de dezembro, a vacina conjugada contra o meningococo C, causador de uma das formas mais graves de meningite bacteriana.

As secretarias de Educação e Saúde da cidade do Rio de Janeiro vão fazer um mutirão para vacinar professores da rede pública contra a influenza A (H1N1) – gripe suína. O objetivo é imunizar os 30 mil professores que trabalham em sala de aula.

O novo grupo incluso na campanha deverá tomar a vacina a partir de hoje (24) até o dia 2 de junho.