Quando perdemos dinheiro ou sentimos qualquer insegurança no mundo financeiro, o risco de sofrermos um ataque cardíaco se eleva em 5,4%.