Acompanhamento médico e exames são essenciais para evitar problemas de saúde devido ao uso deste método contraceptivo.

O efeito é parecido com o da vasectomia, mas pode ser revertido. Últimos testes serão realizados para que as vendas sejam realizadas.

Deve chegar no mercado norte-americano e europeu em 2016.

A injeção estará disponível em 69 países pobres.

Ao menos 23 canadenses que tomavam pílulas anticoncepcionais de uso frequente morreram, em sua maioria devido a coágulos no sangue, de acordo com documentos do ministério da saúde do Canadá.

Leitoras e usuárias de Diane-35, vale assistir o vídeo para ver que não há motivos para pânico.

Qualquer outro medicamento que combina estrogênios e progestágenos apresenta riscos de efeitos colaterais como acidente vascular cerebral e trombose venosa, como claramente estão descritos em sua bula.

Decisão aconteceu após a revelação de 125 casos de trombose venosa e de quatro mortes de usuárias da pílula nos últimos 25 anos. A ministra da Saúde da França, Marisol Touraine, aconselhou as mulheres que tomam atualmente a Diane 35 a não entrar em pânico.

Agência divulga nota e diz que “está acompanhando o caso para avaliar quais medidas devem ser tomadas”.

A decisão aconteceu depois que a França confirmou quatro mortes por trombose, decorrentes do uso do medicamento Diane-35, do laboratório alemão Bayer, nos últimos 25 anos.

Quando usada corretamente e uma única vez, a taxa de eficácia é alta, por volta de 98%, mas ela não deve substituir a camisinha ou anticoncepcionais.

Anvisa solicita que os profissionais de saúde notifiquem à Agência sobre as reações adversas graves.

Por que os cuidados com a saúde vascular devem ser redobrados entre o sexo feminino.

A Anvisa deve notificar ainda hoje, 23, o laboratório MSD por ter retirado do mercado lotes do medicamento Nuvaring, anticoncepcional em formato de anel vaginal.

O anticoncepcional Nuvaring, fabricado pelo laboratório MSD, desapareceu das farmácias na última semana. O problema? Erros de ortografia na bula!

A Agêncial Nacional de Vigilância Sanitária suspendeu a importação das pílula do dia seguinte Postinor-2 e Postinor uno, além do anticoncepcional Femina. Entre as suspensões da agência, estão também as propagandas que possam induzir o consumidor a ingerir o alimento Creatina.