Universalizar a droga anti-HIV e zerar a transmissão do vírus entre a mãe e o bebê são as metas da ONU para até 2015. É o que indica o relatório divulgado ontem (18) pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS).

Cerca de 200 pessoas entraram em contato, mas somente dois foram efetivamente recrutados para um estudo que necessita de 25 voluntários.