As autoridades sanitárias da Alemanha suspeitavam no início que o surto da E. coli (que contaminou outros países da União Europeia e Estados Unidos) teria três alimentos in natura como mais prováveis fontes: pepino, tomate e alface.

Atualizações sobre o surto causado pela bactéria Escherichia coli.

Se antes a recomendação aos viajantes era evitar o consumo de pepinos, tomates e alface, com a conclusão dos pesquisadores sobre a origem do surto, deve-se evitar o consumo de brotos crus.

O Ministério da Saúde e a Anvisa divulgaram uma nota técnica para passar as informações à população sobre o surto causado pela bactéria.