75% dos estudantes entrevistados concordaram com a proibição de aditivos para diminuir a atratividade de produtos para fumar.