Ocultar

Saiba tudo sobre a Rede Cegonha


Obra de Romero Britto

Lançada hoje pela presidente Dilma Roussef e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a Rede Cegonha é composta por um conjunto de medidas para trazer uma garantia às brasileiras: segurança desde o momento que sabe que espera um filho.

O plano é garantir pelo SUS (Sistema Único de Saúde) atendimento seguro e humanizado desde a confirmação da gravidez até os dois primeiros anos de vida do bebê. Isso significa que a medida abrange a assistência obstétrica (às mulheres) – com foco na gravidez, no parto e pós-parto como também a assistência infantil (às crianças).

Para tornar o projeto realidade, a Rede Cegonha contará com R$ 9,397 bilhões do orçamento do Ministério da Saúde para investimentos até 2014. Estes recursos serão aplicados na construção de uma rede de cuidados primários à mulher e à criança.

Estimativas divulgadas pelo Ministério da Saúde apontam que o Brasil tem cerca de três milhões de gestantes, sendo que mais de dois milhões são assistidas exclusivamente pelo SUS.

Metas da Rede Cegonha

O objetivo é que ações sejam aplicadas em todo o Brasil. Porém, a prioridade do cronograma está sobre as regiões da Amazônia Legal e Nordeste – que têm os mais altos índices de mortalidade materna e infantil – e as regiões metropolitanas, envolvendo a maior concentração de gestantes.

Porém, conforme explicou o ministro Alexandre Padilha, qualquer município pode aderir à Rede.

Gestantes e atenção hospitalar

A Rede Cegonha terá atuação integrada com as demais iniciativas para a saúde da mulher no SUS, com foco nas cerca de 61 milhões de brasileiras em idade fértil. Nos postos de saúde, será introduzido o teste rápido de gravidez.

Obra de Romero Britto especialmente para a Rede Cegonha

Confirmado o resultado positivo, será garantido um mínimo de seis consultas durante o pré-natal, além de uma série de exames clínicos e laboratoriais. A introdução do teste rápido, inclusive para detectar HIV e sífilis, também será novidade para reforçar o diagnóstico precoce e a adesão ao tratamento.

Desde a descoberta da gravidez até o parto, as gestantes terão acompanhamento e saberão, com antecedência, onde darão a luz. As grávidas receberão auxílio para se deslocarem até os postos de saúde para realizar o pré-natal e à maternidade na hora do parto, com vale-transporte e vale-táxi.

Nas unidades hospitalares haverá a criação de novas estruturas a fim de proporcionar a garantia de sempre haver vaga para gestantes e recém-nascidos nas unidades de saúde.

A Rede Cegonha também prevê a qualificação dos profissionais de saúde que darão a assistência adequada às gestantes e aos bebês.

Entre as novas estruturas estarão as Casas da Gestante e do Bebê, que dará acolhimento e assistência às gestantes de risco, e os Centros de Parto Normal, que funcionarão em conjunto com a maternidade para humanizar o nascimento.

Bebês

Nos primeiros dois anos de vida da criança, a Rede Cegonha compreenderá a atenção integral à saúde da criança, desde a promoção do aleitamento materno até a oferta de atendimento médico especializado para eventuais necessidades.

Outra ação prevista na Rede Cegonha direcionada às crianças será equipar as unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu Cegonha) para o transporte seguro do recém-nascido.

Educação e Planejamento Reprodutivo e Aleitamento Materno

Dentre as ações estão as campanhas públicas nas escolas (de nível médio e superior) e também com ações de mobilização da sociedade sobre a importância da educação sexual e reprodutiva, bem como do aleitamento materno. A alta taxa de gravidez entre adolescentes também contribui para risco para mãe e o bebê.

Arte na Rede

O artista plástico Romero Brito, além de criar a logomarca para o programa, produziu obras que serão instaladas nas unidades de saúde inseridas na Rede.

São ao todo 10 quadros que, juntos, contam uma história que vai da concepção ao crescimento do bebê: o amor; o encontro do pai e da mãe; a responsabilidade do ato sexual; a felicidade da gravidez; a parteira; o cuidado na hora do parto; a família junta apoiando o crescimento da criança; o bebê como centro do universo e a criança no meio da bandeira do Brasil representando o cidadão do futuro.

A cerimônia oficial de lançamento aconteceu hoje (28), em Belo Horizonte (MG).


Comentários

87 Respostas para “Saiba tudo sobre a Rede Cegonha”
  1. leticia disse:

    oi gostaria de saber como faço pra saber se tem a rede cegonha em minha cidade eu moro em presidente venceslau e como faço pra me cadastrar obrigada

  2. danielle disse:

    é verdade que ganha alguma coisa com isso algum beneficio ou algo mais ?????????

  3. maria cristina mendes andrade disse:

    gostaria de receber informacao para implantarmos em nosso municipio Estreito Maranhao

    sou medica pediatra

    gostaria de fazer parte

    pous ja implantei

    Hospital amigo da crianca pela Unicef

    obrigada

  4. marinelia disse:

    sou de salvador minha filha está gravida e com dificuldades para realizar exames, como posso leva-la a fazer parte do pre natal na mansao?

  5. fabiana cavaleiro disse:

    como faco para participar desse progama na minha cidade ,eu moro em sidrolandia mato grosso do sul

Comente

Deixe aqui sua opinião...