Ocultar

Missão à Amazônia: contra a “marginalização” indígena


A alta comissária da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, em visita ao Brasil chamou à atenção, nesta sexta-feira, 13 para a “marginalização” de índios e negros no país. Segundo ela, “Milhões de afro-brasileiros e indígenas estão atolados na pobreza e não tem acesso a serviços básicos e oportunidades de emprego. Até que isso mude, esta situação vai prejudicar o progresso do Brasil em muitas outras frentes”.

Tendo em vista este confronto de realidades muito diferentes no Brasil, um grupo de amigos, formado por médicos e executivos, iniciou em 2002 um projeto visando melhorar a qualidade de vida da população indígena na Amazônia – a Associação Expedicionários da Saúde.

Utilizando suas experiências profissionais e com apoio de patrocínio, eles enfrentam as barreiras geográficas e sociais e trabalham em conjunto com instituições responsáveis pelo atendimento à saúde na região, o Comando Militar da Amazônia e outras fundações de apoio aos indígenas em prol da comunidade. O Grupo acaba de voltar de sua 15ª Expedição em que foram realizados 1400 atendimentos médicos e 136 cirurgias.

Na próxima segunda-feira, 16 de novembro, a índia Nedina Miquilis Mota, de 68 anos, será operada em Campinas onde ficará por dois meses em recuperação para depois voltar à vida normal em sua tribo na Amazônia. Ela será submetida a uma cirurgia de prótese total do joelho, para curar sua artrose que lhe causa dores e problemas de locomoção.

No dia 20 do mesmo mês será a vez do pequeno índio Silas, de 11 anos, para a implantação uma perna mecânica. “Ele foi picado por uma cobra e teve que amputar a perna um pouco acima do joelho”, conta o ortopedista Ricardo Affonso Ferreira, um dos idealizadores do Programa Operando na Amazônia dos Expedicionários da Saúde.

Segundo ele, a próxima expedição já está marcada para abril de 2010.


Comentários

Uma Resposta para “Missão à Amazônia: contra a “marginalização” indígena”

Comente

Deixe aqui sua opinião...