Ocultar

Descubra como identificar um mitômano, o viciado em mentiras


 

Algumas mentirinhas fazem parte do cotidiano de muita gente. Se você não está bem e não quer divulgar o seu estado emocional, responde o “tudo bem?” com “tudo” e nada mais. Mas algumas pessoas exageram nas histórias falsas e se tornam viciados na mentira.

“Quando o mentiroso perde a noção das consequências dos danos causados pelos seus atos, isso se torna uma doença, a mitomania”, explica o neurologista Leandro Teles. De acordo com ele, a doença necessita de tratamento que envolve atendimento psicológico e, em alguns casos, medicamentos antidepressivos para elevar a autoestima do paciente. O mitômano precisa aprender que mentir incomoda e pode prejudicar as pessoas.

Entretanto, as mentirinhas de todos os dias deixam alguns sinais. O inconsciente de quem mente é mais forte e o acusa por meio de detalhes quase imperceptíveis. Que tal ser um detector de mentiras ambulante? Poder desmascarar os mitômanos apenas ao ouvir sua história pode realmente cumprir o ditado que afirma que “mentira tem perna curta”.

Aqui vão algumas dicas do médico Leandro Teles para saber se uma pessoa está mentindo ou não: 

1. Desvio de olhar: quem mente, costuma ter dificuldade em fixar o olhar e, até mesmo, olhar nos olhos, de forma natural.

2. Olhar fixo: para evitar ser pego na mentira porque não consegue “olhar nos olhos”, há mentiroso que exagera no “olho no olho”. Isso acontece com o propósito de tentar convencer o outro a acreditar em sua história.

3. Piscar: ao mentir, a pessoa tende a dar piscadas mais longas. Afinal o cérebro em uma atitude de recusa ao que a pessoa está dizendo, provoca piscadas em que os olhos permanecem fechados por mais tempo do que o habitual.

4. Voz: pode ficar trêmula, cortada e sem fluidez, além disso, o tom pode ficar baixo e projetado para dentro.

5. Mãos: ao mentir, a pessoa fica nervosa e ansiosa e, quando isso acontece, o organismo entra em estado de alerta, pois a temperatura periférica tende a cair. Por isso, é natural as mãos ficarem geladas, trêmulas e agitadas.

6. Pele: o nervosismo também pode alterar a cor e a aparência da pele, deixando a pessoa mais vermelha ou mais pálida.

7. Fala: rodeios, justificativas e fala em excesso podem denunciar a mentira. Em especial, quando a pessoa não tem o costume de ser prolixo e começa a demorar demais para chegar ao objetivo da conversa.

8. Pausas: os intervalos durante a fala podem indicar que o cérebro do ‘mentiroso’ precisa processar as informações, por isso a pessoa pode quebrar a fluidez do bate-papo com pausas aleatórias.

9. Mãos nos bolsos: sinal de que a pessoa está escondendo algo, de que está fechada a dar ou receber informações.

10. Olhar para o lado esquerdo: este é o lado da criação de quem é destro, portanto, quando uma pessoa é indagada e move os olhos para a esquerda, pode estar com a intenção de inventar uma resposta.

11. Saliva: quando o corpo entra em alerta, por uma situação de estresse, é natural cessar a produção de saliva e a pessoa começa a “engolir seco”. Geralmente, durante a fala, o mentiroso fica com a boca seca.

12. Coceiras: este é outro sintoma que denuncia a mentira, pois o cérebro recusa a história falada e provoca estímulos que podem levar a mão à boca, ouvidos e aquela coceirinha na cabeça.

13. Face: a estratégia de análise da face é muita usada para identificar mentirosos. Isso porque é fundamental que fala e estejam congruentes, quando isso não ocorre, existe algo errado.

 


Comentários

4 Respostas para “Descubra como identificar um mitômano, o viciado em mentiras”
  1. Mazz disse:

    ahhah Conheço váaarios!

  2. alcides negreti disse:

    BOM SITE

  3. Renata disse:

    Meu marido é viciado em mentiras! Ele mente sempre que eu pergunto qualquer coisa, pode ser qualquer bobagem, por exemplo: hoje ele terminou o trabalho mais cedo e quando eu liguei, ele disse que ainda não havia concluído e por isso, chegaria tarde. Confirmei com outras pessoas que ele estava livre, mas foi almoçar com os colegas de trabalho e por isso mentiu. Sendo que não sou o tipo de mulher que brigaria por este motivo. Ele mente porque é viciado. O pior é que eu percebo e isso está incomodando demais. Vou acabar pedindo divórcio, porque se manter casada com um mentiroso é desgastante demais!!!!

Comente

Deixe aqui sua opinião...