Ocultar

Depressão: a alimentação e o cérebro


Existe diferença entre pessoas tristes e depressivas, algumas pessoas podem achar que é a mesma coisa, esse é o diagnóstico normal de alguém que não sofre com esse problema.  Estar deprimido é muito diferente de estar triste. A depressão requer tratamento com um especialista, a tristeza é passageira e depende de fatos que ocorrem durante o dia de determinada pessoa.

A depressão afeta o humor da pessoa, e faz com que ela sinta uma tristeza absurda, além de não ter vontade de fazer atividades diárias normais, ter uma alteração no sono, e na alimentação.

O tratamento ideal para as pessoas que sofrem com esse mal não é a conversa com um amigo, e sim uma consulta com um especialista que vai saber analisar seu problema e medicá-lo corretamente.

As causas são várias, pode ser por conta de um fato pessoal que marcou a vida da pessoa, como a morte de alguém, fim de um relacionamento, problemas familiares; ou por fatores genéticos.

Número um, com batata. Acompanha depressão?

O título pode soar estranho, mas a brincadeira tem tudo a ver com a depressão. Uma descoberta chama atenção para a relação dos hábitos alimentares e as doenças mentais. Cientistas londrinos e franceses descobriram que a alimentação baseada em carnes processadas, gorduras trans e saturadas, que possuem corantes e conservantes, pode estar relacionada ao risco de desenvolver quadros depressivos.

O estudo foi feito com 3.500 homens, que foram observados durante cinco anos. Segundo os cientistas, ainda não é possível afirmar com certeza porque esse processo acontece, mas a hipótese é de que a ingestão de alimentos desse tipo pode causar maior risco de inflamação e de doenças cardíacas que estão relacionadas com a depressão.

Hábitos saudáveis e exclusão de ingestão de alimentos industrializados fazem bem ao corpo e são benéficos também para a saúde mental.

“Se for para escolher fast, troque o food por health”


Comentários

3 Respostas para “Depressão: a alimentação e o cérebro”
  1. Eduardo Miguel disse:

    hoje publiquei uma matéria sobre uma pesquisa usando ketamina onde os pacientes tinham alivio dos sintomas da depressao e até a cura em menos de 1 dia, achei interessante compartilhar
    http://liveunderconstruction.wordpress.com/2010/1

Comente

Deixe aqui sua opinião...