Ocultar

Saúde da Mulher – Atenção aos corrimentos


Existem assuntos meio chatos de serem comentados e, na maioria das vezes, a falta de informação decorrente da vergonha acaba sendo um obstáculo em casos fáceis de serem tratados. O corrimento vaginal é um desses incômodos e faz parte das queixas mais comuns nos consultórios ginecológicos. 

Segundo a ginecologista e mastologista, Dra. Nara Mattia, o corrimento ou leucorréia é um fluxo anormal de secreção vaginal, com cheiro forte e consistência alterada que pode ser acompanhado de coceira, ardor ao urinar, dor e irritação durante o ato sexual. A secreção vaginal pode ser indício de algumas infecções como Candidíase, Tricomoníase ou Infecção Bacteriana.

Porta aberta aos Vilões
Alguns costumes contribuem para o aparecimento do corrimento, confira:

corrimento

Higiene Inadequada: Em falta ou em excesso.

 

Vestimentas Justas: Facilitam a proliferação de fungos e bactérias.

 

 

É importante ressaltar a diferença entre a secreção vaginal normal e a anormal. “Uma secreção normal, apesar de poder ser diferente em cor, consistência ou quantidade, não pode ter cheiro ruim ou coceira”, alerta a especialista.

O corrimento também varia de acordo com os hormônios. Diminui na fase pós-menstrual e aumenta até a metade do ciclo, durante os dois a três dias anteriores à ovulação, refletindo a atividade endócrina do ovário. É preciso estar atenta pois corrimentos com odor forte e sangramento após a relação sexual podem ser sinais significativos de câncer de colo de útero.


Comentários

79 Respostas para “Saúde da Mulher – Atenção aos corrimentos”

Comente

Deixe aqui sua opinião...