Ocultar

Profissões que oferecem mais risco de câncer


Você que é cabeleireiro, piloto de avião, comissário de bordo, farmacêutico, químico e enfermeiro já imaginou ter escolhido uma profissão propensa a desenvolver câncer?

É o que revela uma publicação do Instituto Nacional do Câncer (INCA) com o título “Vigilância – As Profissões e o Câncer”.

De acordo com o documento, pelo menos 19 tipos de tumores – entre eles os de pulmão, pele, fígado, laringe, bexiga, mama e leucemias – estão relacionados à ocupação e ao ambiente de trabalho. No caso do câncer de pulmão, de cada 10 diagnósticos, um é decorrente da exposição ocupacional.

Em 2005, mais de 440 mil pessoas morreram no mundo em consequência da exposição a substâncias perigosas no trabalho; mais de 70% desse total vítimas de câncer, segundo estimativas da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

“Além das substâncias mais comumente associadas ao desenvolvimento de tumores, como o amianto (ou asbesto), classificadas pela Organização Mundial da Saúde como cancerígenas para humanos desde 1987, produtos aparentemente inofensivos, como poeiras de cereais, de madeira e de couro, e até mesmo medicamentos (os antineoplásicos) podem provocar câncer” informou o INCA.

Os principais grupos de agentes cancerígenos relacionados ao trabalho incluem os metais pesados, agrotóxicos, solventes orgânicos, formaldeído e poeiras (amianto e sílica). As concentrações de substâncias cancerígenas, em geral, são maiores nos locais de trabalho do que nos ambientes extralaborais.

TIPOS DE CÂNCER POR EXPOSIÇÃO AMBIENTAL E/OU LABORAL E ALGUNS DE SEUS FATORES DE RISCO

Bexiga: Agentes – aminas aromáticas, azocorantes, benzeno, benzidina, cromo/cromatos, fumo e poeira de metais, agrotóxicos, hidrocarboneto policíclico aromático (HPA), óleos e petróleo. Ocupações – cabeleireiro, maquinista, mineiro, metalúrgico, motorista de caminhão, pintor, trabalhador de ferrovia, trabalhador em forno de coque e tecelão. 

Cavidade nasal e sinonasal: Agentes – asbesto (amianto), cromo, formaldeído, níquel e seus compostos, óleo de corte, poeira de madeira, de couro, de cimento, de cereais, de tecidos, radiação ionizante e organoclorados. Ocupações – carpinteiro, forneiro (em geral, da indústria química, de coque e de gás), mineiro, pedreiro, sapateiro, encanador e mecânico de automóvel.

Cavidade oral, faringe e laringe: Agentes – agrotóxicos, asbesto (amianto), formaldeído, fuligem de carvão, óleo de corte, poeira de madeira, de couro de cimento, de cereais, de tecidos, sílica e solventes orgânicos. Ocupações – açougueiro, barbeiro, cabeleireiro, carpinteiro, encanador, instalador de carpete, mecânico de automóvel, mineiro, moldador e modelador de vidro, oleiro e pintor.

Cérebro: Agentes – agrotóxicos, arsênico, radiação, ondas e campo eletromagnético, chumbo, mercúrio, óleo mineral e HPA. Ocupações – serviços elétricos e de telefonia e trabalho rural.

Estômago e do esôfago: Agentes – poeiras da construção civil, de carvão e de metal, vapores de combustíveis fósseis, óleo mineral, herbicidas e ácido sulfúrico. Ocupações – engenheiros eletricista e mecânico, trabalhadores de extração de petróleo, motoristas de veículos a motor, trabalhadores de lavanderias, trabalhadores da indústria eletrônica e trabalhadores em limpeza.

Fígado: Agentes – arsênico, cloreto de vinila, solventes, fumos de solda e bifenil policlorado. Ocupações – mecânicos de veículos a motor e trabalho rural. 

Leucemias e mielodisplasias: Agentes – acrinonitrila, aminas aromáticas, agrotóxicos, antineoplásicos, benzeno, butadieno, compostos halogenados, óxido de metais, radiação, solventes e tricloroetileno. Ocupações – trabalhador do setor elétrico e trabalhador da cadeia de petróleo. 

Linfoma não Hodgkin: Agentes – agrotóxicos, aminas aromáticas, benzidina, benzeno, bifenil policlorado, solventes orgânicos, radiação ionizante e ultravioleta e tetracloreto de carbono. Ocupações – trabalhadores do setor de transporte rodoviário e ferroviário, operadores de rádio e telégrafo, trabalho em laboratórios fotográficos e galvanizador. 

Mama: Agentes – agrotóxicos, benzeno, campos eletromagnéticos de baixa frequência, campos magnéticos, compostos orgânicos voláteis, hormônios e dioxinas. Ocupações – cabeleireiro, operador de rádio e telefone, enfermeiro e auxiliar de enfermagem, comissário de bordo e trabalho noturno. 

Mesotelioma: Agente – asbesto (amianto). Ocupações – borracheiro, maquinista, mecânico, pintor e torneiro mecânico. 

Mieloma múltiplo: Agentes – agrotóxicos, radiação ionizante, metal pesado e solventes orgânicos. Ocupação – cosmetologista. 

Pâncreas: Agentes – agrotóxicos, estireno, cloreto de vinila, epicloridina, HPA, solventes e tetracloroetileno. Ocupações – trabalho rural e trabalhadores de manutenção industrial. 

Pele não melanoma: Agentes – arsênico, alcatrão, creosoto, fuligem, hidrocarbonetos policíclicos, luz solar, óleo mineral, radiação ultravioleta e ionizante. Ocupações – agentes de saúde, carteiro, pedreiro, pescador, salva-vidas, guarda de trânsito, trabalhador rural e vendedor. 

Pele melanoma: Agentes – campo eletromagnético, radiação ultravioleta e sol. Ocupações – carteiro, farmacêutico, instalador de telefone, mineiro, químico, operador de telefone, piloto de avião e serralheiro elétrico.

Pulmão: Agentes – antineoplásicos, asbesto, arsênico, asfalto, ácido inorgânico forte, acrinonitrila, berílio e compostos, cádmio, chumbo, emissão de forno de coque e de gases combustíveis, fuligem, gases (amônia, óxido de nitrogênio, dióxido de cloro e enxofre), inseticidas não arsenicais, manganês, níquel, sílica livre cristalina, poeiras de: carvão, madeira, rocha/quartzo e de cimento, radônio, urânio e radiação ionizante. Ocupações – bombeiro hidráulico, encanador, eletricista, mecânico de automóvel, mineiro, pintor, soldador, trabalho com isolamento, trabalho em navios e docas, trabalho na conservação do couro, trabalho na limpeza e manutenção e soprador de vidro.


Comente

Deixe aqui sua opinião...