Se você tem Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) ou, como a maioria, apenas dificuldade de concentração, estamos hoje cheio de tentações. A psicóloga Lucy Jo Palladino, em entrevista à WebMD, oferece algumas dicas de como gerenciar essas distrações, começando pelas mídias sociais, passando por e-mails, celular e tarefas entediantes.

1. Enfrente o tédio

Algumas tarefas que precisamos fazer a cada dia são entediantes, o que tiram nossa atenção em questão de minutos, nos tornando extremamente vulneráveis a distrações. Qualquer coisa pode parecer tentadora quando você está entediado. Faça um acordo consigo: se focar numa tarefa por um certo período, você ganha dez minutos de intervalo. Recompense a si mesmo com café, lanche ou uma curta caminhada. Tarefas chatas são mais fáceis de serem feitas quando há alguma recompensa.

2. Email superlotado

Quando você vê aquele sinalzinho na caixa de entrada de e-mail, é quase impossível resistir de abrir a mensagem e pensar em respondê-la imediatamente. Embora muitos e-mails estejam relacionados ao trabalho, eles ainda contam como distrações de seu projeto em andamento. Você não fará muito progresso se constantemente parar o que está fazendo para responder toda mensagem. Em vez de checá-lo o tempo todo, reserve horários específicos para esta finalidade; durante o resto do dia, você pode fechar o programa.

3. Pessoa multitarefa

Se você domina a arte da multitarefa, provavelmente sente que está fazendo mais em menos tempo. Pense de novo, dizem especialistas. Uma pesquisa sugere que você perde tempo quando muda o foco da atenção de uma tarefa para outra. Sempre que possível, foque sua atenção num projeto, principalmente se é prioritário e intenso. Guarde suas habilidades de multitarefa para as que não são urgentes ou difíceis – provavelmente não vai doer arrumar a mesa enquanto fala ao telefone.

4. Controle o celular

Talvez ainda mais perturbador do que o sinal de um novo e-mail seja o de um celular. É um barulho que poucos conseguem ignorar. Portanto, colocar identificador de chamadas é bem útil. Se suspeitar que a chamada não é urgente, deixe-a cair na caixa de voz. Se você está trabalhando num projeto particularmente intenso, considere colocá-lo no silencioso, para que você não seja tentado a atender a chamada. Escolha horários específicos para checar o correio de voz. Ouvir todas as mensagens de uma vez pode ser menos perturbador do que atender todas as chamadas quando elas ocorrem.

5. Mídias sociais

É fácil se conectar a amigos – e se desconectar do trabalho – muitas vezes numa hora. Cada atualização do status quebra sua linha de pensamento, forçando-o a ter que recuar quando retomar o trabalho. Evite fazer login em sites de mídia social enquanto estiver trabalhando. Se se sentir obrigado a checá-lo constantemente, faça-o durante o seu intervalo, quando o fluxo de mensagens não vai interromper a sua concentração.

*Com informações do Globo

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...