Limpar os ouvidos com hastes flexíveis, grampos, objetos pontiagudos, ouvir música alta, usar fones de ouvido, viver em ambiente barulhento. Será que sabemos o quão tudo isso é prejudicial à saúde auditiva? Segundo o Dr. Arthur Castilho, otorrinolaringologista da UNICAMP, a prática dessas atividades podem causar danos as células auditivas e, em casos mais extremos, levar a perda de audição.

Para evitar isso é preciso adotar alguns cuidados, e mais que isso, não negligenciar qualquer diferença que sinta em relação a audição. Mas, como sempre surgem dúvidas sobre o que devemos ou não fazer, o Blog da Saúde bateu um papo com o Dr. Arthur Castilho, que listou alguns mitos e verdades sobre a audição. Confira:

blog_piscandoRoxoO uso de fones de ouvido não causa danos à saúde auditiva

MITO.  O uso de fones de ouvido pode danificar a saúde auditiva devido ao tempo prolongado e a intensidade alta que a música é ouvida. Torna-se prejudicial fazer uso dos fones por um período acima de 8 horas e com uma intensidade de 80 decibéis.

blog_piscandoRoxoExiste um tipo de fone ideal para não prejudicar a saúde auditiva, nesse caso o de concha é melhor que o de inserção.

MITO.  Os dois tipos de fone são iguais, tanto o de concha como o de inserção,  podem danificar a saúde auditiva, quando há muita exposição (acima de 8 horas) e intensidade alta (acima de 80 decibéis).

blog_piscandoRoxoInfecções no ouvido podem provocar perda de audição.

VERDADE. Uma infecção bacteriana do ouvido pode produzir um líquido que permanece no ouvido e prejudica o tímpano, causa a formação de pus e acarreta na perda de audição.

blog_piscandoRoxoA poluição sonora da cidade pode causar perda de audição.

MITO. Há pesquisas que mostram que mesmo em cidades com poluição sonora os níveis de decibéis dificilmente serão lesivos.  O impacto de uma cidade barulhenta é psicológico. O som elevado pode irritar muito a pessoa, mas não lesar a audição.

blog_piscandoRoxoDar mamadeira para o bebê deitado aumenta a chance de a criança ter otite. 

VERDADE. Sim, a tuba auditiva da criança, canal que liga o fundo da boca e do nariz com o ouvido, tem uma conformação mais horizontal. Assim,  quando você dá a mamadeira para a criança deitada, há um aumento no número de bactérias pra parte média do ouvido. Portanto, o ideal é amamentar a criança sentada.

blog_piscandoRoxoPodemos usar grampos, hastes flexíveis e objetos pontiagudos para limpar ou coçar os ouvidos.

MITO. Fazer o uso de objetos para limpar os ouvidos pode causar infecção, inflamação, irritação e lesão no tímpano. Além disso, em vez de retirar o cerume, o qual tem um mecanismo de auto-limpeza, trazendo a cera para a parte externa afim de proteger o ouvido das bactérias, eles empurram a cera para a parte interna do ouvido em direção ao tímpano, tampando-o e causando dificuldades auditivas.

blog_piscandoRoxoNão se deve limpar o ouvido.

VERDADE.  A cera que é produzida pelos ouvidos, não é sujeira, é proteção. Ela impede a entrada de água. Além disso, na composição  do cerume  existem substâncias que matam as bactérias que podem causar infecção. O recomendável é depois do banho limpar os ouvidos apenas com a ponta da toalha.

blog_piscandoRoxoA audição pode ser afetada por  aparelhos como celulares e mp3.

VERDADE.  A audição pode ser afetada de duas maneiras: primeiramente pelo uso excessivo – pela exposição excessiva ao som. Usualmente os aparelhos celulares vem com calibração de fábrica que impede exposição acima de 80 ou 85 decibéis. Porém, os aparelhos hoje, são smartphones e o usuário pode assistir um filme ou escutar música. Nessa situação de modo geral, é usado fone de ouvido ou headphone; e então a exposição pode ser muito maior. Isso pode causar lesão da audição por exposição. Esse tipo de lesão ocorre de maneira lenta e é irreversível.

Outro motivo que nos preocupa é o fato do celular ser um emissor de ondas eletromagnéticas. Teoricamente na frequência em que o celular trabalha não haveria lesão por esse motivo. Mas sabemos que há celulares “piratas” que entram no país sem certificação e possivelmente podem lesar as células do organismo (não só as da audição). Há indícios de que isso possa estar ocorrendo.

blog_piscandoRoxoPara secar/ retirar a água do ouvido é recomendado azeite ou álcool.

MITO. A água seca naturalmente. O uso dessas substâncias danifica o ouvido e pode causar eczema. No máximo, balance a cabeça.

blog_piscandoRoxoZumbido no ouvido pode ser sintoma de alguma doença.

VERDADE. O zumbido quando é persistente deve ser investigado, pois pode ser sintoma de outras doenças como diabetes, distúrbio de colesterol e perda de audição. Ele é um sintoma e não uma doença.

blog_piscandoRoxoOuvido tampado é sinal de surdez.

MITO.  A sensação de ter o ouvido tampado pode ser causada pela diferença de pressão atmosférica entre o litoral e as outras cidades não litorâneas. Além disso, ela é comum quando estamos com gripe. O excesso de cera também traz esta sensação de ouvido tapado.

blog_piscandoRoxoO fator envelhecimento acarreta na perda de audição.

VERDADE. A perda decorrente do envelhecimento natural  das células de audição é variável .Em média entre os 60 e 70 anos todas as pessoas têm uma leve  perda de audição, sendo comum ocorrer a diminuição da percepção dos sons agudos.

blog_piscandoRoxoHá outros fatores que não o envelhecimento que podem acelerar na perda de audição.

VERDADE.  Há a sobreposição de outros fatores que podem acelerar o processo de perda de audição.  Entre eles estão: a exposição a ruídos,  substâncias inaladas e o uso de tabaco. Além disso, há outro fator importante: o ambiente ocupacional de trabalho. Se  ele propiciar  uma exposição ao barulho com muita intensidade,  pode haver uma sobreposição de causa.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...