O glaucoma acontece devido ao aumento da pressão dentro do olho que na maior parte das vezes está associado à lesão do nervo óptico. Ele pode se manifestar de duas formas: crônica ou aguda. No glaucoma crônico, há a perda de visão periférica, devido a lesões nas fibras dos nervos originados na retina, causadas, principalmente, pela pressão interna alta do olho. Já o agudo, a pressão do olho torna-se extremamente alta, podendo causar perda súbita e grave da visão.

Muitas pessoas não apresentam sintomas, no entanto, pode ocorrer dores de cabeça, enjoo, dor ocular e fotofobia. Caso não seja realizado um exame preventivo e não seja tratado, o glaucoma pode provocar perda de visão.

Para o diagnóstico do glaucoma, alguns exames devem ser realizados, como: tonometria de aplanação (para a tomada da pressão intraocular), fundo de olho (exame para avaliar se existe lesão do nervo óptico provocado pelo glaucoma), gonioscopia (para classificar o tipo de glaucoma) e campo visual (exame para avaliar se há perda do campo visual).

O diagnóstico precoce, além do tratamento adequado, ajuda a controlar os problemas oculares graves, como o glaucoma.

COMENTÁRIOS:

Comentários

Uma Resposta para “Dia Nacional do Combate ao Glaucoma – como ocorre esta doença?”
  1. Christiano disse:

    Problemas de visão são coisas muito sérias. É um absurdo que ainda hoje alguém demore muito a ir ao médico porque “não gosta de ir”, como muitas vezes escutamos por aí.

Comente

Deixe aqui sua opinião...