Com o verão, aumenta o número de idas à piscina, aos rios e lagos e à praia. Estas atividades exigem muito cuidado e atenção, principalmente com as crianças.

De acordo com o 15° Grupamento do Corpo de Bombeiros de Sorocaba, a maior incidência de afogamentos nesta época ocorre com crianças e adolescentes, entre 12 e 19 anos. Isto ocorre por ser uma fase onde o espírito aventureiro é muito forte.

Para evitar o risco de afogamento, seguem algumas dicas de segurança:

  • Em caso de piscina infantil, esvaziá-la sempre após o uso;
  • Manter um adulto próximo a todo o momento;
  • Colocar uma cerca de isolamento em volta das piscinas fixas;
  • Evitar mergulhar e nadar próximo a regiões onde há barcos, pranchas e pedras;
  • Aguardar pelo menos 1h após as refeições para entrar na piscina, para evitar uma congestão;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas em excesso.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...