Foi publicado nesta semana o levantamento anual Global AgeWatch Index 2015, realizado pela organização HelpAge Internacional em parceria com a Universidade de Southampton, onde são indicados os melhores países para os idosos viverem. No total, 96 países participaram da pesquisa que deixou o Brasil em 56° lugar no ranking geral.

A pesquisa analisou o bem-estar social e econômico dos idosos, levando em conta a renda, a saúde, a educação, o emprego e o ambiente favorável.

Os dados sobre o Brasil foram melhores do que nos últimos anos, no entanto, ainda há muito para melhorar:

Brasil – Rankings

13° lugar em Garantia de renda entre os idosos

87° lugar em Ambiente favorável para os idosos

58° lugar em Educação

58° lugar em Emprego

43° lugar em Saúde

Expectativa de vida de 81 anos.

O Brasil apresenta um alto número de denúncias sobre abuso de idosos. Este fator prejudicou a posição na lista. A educação e a renda fizeram com o país subisse duas posições.

Estes dados são importantes para indicar o que o governo precisa planejar em seus programas sociais. Atualmente, o país possui 24,4 milhões de brasileiros com idade igual ou maior a 60 anos. De acordo com projeções mostradas na pesquisa, a expectativa é que em 2050 a população brasileira idosa quase triplique.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...