O Dr. Bactéria, Roberto Martins Figueiredo, listou mitos e verdades sobre contaminação e riscos que corremos em situações do cotidiano (e nem imaginamos).

Na sua grande maioria, o gelo utilizado nas bebidas em Fast Foods é mais contaminado que a água do vaso sanitário dos mesmos restaurantes.

Verdade. Um estudo efetuado nos Estados Unidos demonstrou que 70% destes estabelecimentos servem gelo com nível de contaminação maior do que os dos vasos sanitários.

Há mais bactérias de origem fecal no piso do banheiro do que na tampa do vaso sanitário.

Verdade. Estudos demonstram que o piso de banheiros públicos possui, em média, 3 milhões de bactéria por polegada quadrada. As tampas de vasos sanitários apresentam 50 bactérias por polegada quadrada.

O vaso sanitário é mais contaminado do que as mesas dos escritórios.

Mito. As mesas de escritório apresentam, em média, 400 vezes mais vírus do que os vasos sanitários.

Há mais bactérias em um assento sanitário do que em um teclado de computador.

Mito. Em média, há 200 vezes mais bactérias no teclado do que no tampo do vaso sanitário.

Ficou assustado? Então, siga as seguintes dicas para manter as bactérias bem longe:

Não colocar a bolsa no chão, lavar as mãos, manter os ambientes limpos e escolher cautelosamente os locais para realizar as refeições.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...