Cientistas acreditam que é possível identificar se a pessoa sofre com os sintomas da depressão através do smartphones. A descoberta, publicada no The Journal of Medical Research, pode colaborar com a assistência aos indivíduos com risco de depressão para iniciar o tratamento o quanto antes.

Pesquisadores da Behavioral Intervention Technologies at the Northwestern University Feinberg School of Medicine in Chicago, nos Estados Unidos, usam um aplicativo para conseguir dados das atividades dos participantes no smartphone.

Analisando os dados, os pesquisadores encontraram que quem gasta mais tempo no celular estão mais propensos aos sintomas de depressão. Os pesquisadores também revelaram que ficar muito tempo em casa ou ir a poucos lugares também pode estar relacionado a doença. Ter pouca rotina diária também é um fator.  A Depressão causa uma constante sensação de tristeza e falta de interesse.

Segundo um dos pesquisadores, a importância deste estudo está no fato da detecção dos sintomas acontecer sem a necessidade de realizarem um questionário. Os dados do celular são melhores na detecção da depressão do que as perguntas feitas aos pacientes sobre a escala da tristeza que estão sentindo no dia.

A pesquisa realizada com 40 pessoas revelou que os depressivos costumam usar o celular três vezes mais que os não depressivos.

Os participantes depressivos também ficam mais em casa ou viajam para poucos locais. A explicação é que quando as pessoas estão com depressão tendem a não ter motivação ou energia para sair ou fazer atividades.

Os pesquisadores esperam que os dados possam ser usados para explorar melhor o diagnóstico da doença.

 

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...