Todas as pessoas no momento em que são apresentadas, seja em uma festa ou em uma entrevista de emprego, são julgadas em questão de segundos por causa de suas feições. Este “Preconceito Facial” pode, segundo pesquisadores, determinar o que irá acontecer na vida de cada um, como ganhar a vaga de emprego ou fazer amizades.

Segundo matéria publicada no portal da BBC, Daniel Hamermesh, economista, descobriu que as pessoas consideradas atraentes tendem a ganhar de 10% a 12% mais que outras. A única exceção são os assaltantes armados, que faturam mais conforme a aparência for mais assustadora.

De acordo com pesquisa recente, a percepção de honestidade é algo que costuma ser lido no rosto. Um teste foi realizado com voluntários que avaliaram a confiabilidade de pessoas desconhecidas que estavam estampadas em fotografias. Os participantes admitiram que tenderiam a emprestar dinheiro aos que pareciam mais confiáveis. Para ver como os traços são realmente levados em conta, um rosto confiável pode até mesmo diminuir as chances de condenação em tribunais. No entanto, os cientistas não sabem identificar quais são os sinais no rosto que expressam confiabilidade.

Mas já se sabe o tempo necessário para ter uma primeira impressão da personalidade de alguém: 40 milésimos de segundo.

Cientistas buscam a ajuda de psicólogos para encontrarem uma forma de reduzir este julgamento, mesmo que seja apenas na entrevista de emprego. Até o momento, não há uma solução, afinal, esta prática é feita e sofrida por todas as pessoas de forma natural.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...