Ontem (14), o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids) reconheceu o Brasil como referência mundial no controle da epidemia. Segundo o relatório divulgado, o país foi o primeiro a oferecer combinação do tratamento para HIV.

O Ministério da Saúde garante acesso ao tratamento a toda a população, graças a negociação com multinacionais farmacêuticas que garante os medicamentos antirretrovirais aos brasileiros. O relatório também afirma o Brasil conseguiu deter e reverter a propagação do HIV.

Além do acesso ao tratamento, houve uma melhora na área do diagnóstico. A população pode realizar o exame para detectar a Aids em consultórios e Centros de Testagem e Aconselhamento. Segundo dados do Ministério da Saúde, nos quatro primeiros meses de 2014 foram realizados 1,9 milhão de testes no país. Em 2015, no mesmo período, foram 2,1 milhões de exames feitos.

Apesar do Brasil já executar várias medidas para atingir a meta da Organização Mundial de Saúde (OMS) de acabar com a epidemia até 2030, como as campanhas de prevenção, todos os países têm desafios, por exemplo, a redução do número de pessoas com HIV sem saber.

Para melhorar ainda mais o controle, o Ministério da Saúde ampliará a testagem, a conscientização sobre o uso da camisinha e o início precoce do tratamento.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...