Pesquisadores espanhóis sugeriram que seguir a dieta Mediterrânea suplementada com porções adicionais de azeite de oliva extra virgem ou castanhas pode proteger a função cognitiva (memória, atenção, linguagem…) dos adultos mais velhos.

O estudo, publicado no JAMA Internal Medicine, seguiu a mudança cognitiva com o passar do tempo em um grupo de voluntários que seguiram uma das três dietas apresentadas. Os participantes eram cognitivamente saudáveis, apresentavam alto risco de doença cardiovascular e a média de idade era de 67 anos.

A dieta mediterrânea, baseada em frutas, vegetais, grãos, legumes e oleaginosas, foi recomendada pelo Dietary Guidelines for Americans como um caminho para promover saúde e prevenir doenças. Ela desencoraja o uso de gorduras saturadas e trans, ambas associadas às doenças do coração.

Vegetais e gorduras saudáveis, como as monossaturadas, são ótimas fontes de antioxidantes que neutralizam o estresse oxidativo. Este ocorre quando o corpo está incapaz de desintoxicar ele mesmo e isto provoca um declínio cognitivo.

Segundo estudos, a Dieta Mediterrânea evita que ocorra o declínio cognitivo. Para verificar a veracidade deste fato, um grupo de estudiosos examinaram os efeitos dessa dieta suplementada com azeite de oliva ou castanhas e comparou com a dieta de baixa quantidade de gordura.

No total, 155 participantes seguiram a Dieta Mediterrânea adicionando um litro a mais de azeite de oliva por semana. Outros 147 participantes seguiram a dieta, mas adicionaram 30 gramas por dia de castanhas, amêndoas e nozes. Estes dois grupos foram comparados com os 145 que se alimentaram com pouca gordura.

Os pesquisadores mensuraram a mudança cognitiva dos participantes durante quatro anos. Notou-se então que 37 participantes tiveram a cognição comprometida levemente: 17 no grupo do azeite, 8 no das nozes e 12 da dieta controlada.

Os participantes da dieta controlada apresentaram uma redução significativa na composição medida da função cognitiva. Os que adicionaram o azeite, foram bem nos testes de agilidade. Já os que comeram mais castanhas, foram bem nos jogos de memória.

Os resultados sugerem que a Dieta Mediterrânea com a adição de azeite de oliva e castanhas pode ajudar a evitar problemas nas funções cognitivas.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...