Apesar de muitos deficientes visuais morarem sozinhos e se virarem muito bem no dia a dia, algumas dificuldades podem surgir, como, saber a validade do produto, qual caminho deve seguir, qual lata é a do molho de tomate…

Como estas dúvidas podem aparecer em momentos onde não há mais ninguém, o deficiente não consegue fazer o que desejava. Para resolver isso, um dinamarquês criou o aplicativo Be My Eyes. Este funciona da seguinte forma: as pessoas que não apresentam deficiência visual se inscrevem no app como voluntárias. A qualquer momento do dia, elas recebem uma ligação, na realidade uma videoconferência (usando apenas o 3G/4G ou Wi-Fi), onde o deficiente que se inscreveu no app diz em que precisa de ajuda e mostra com a câmera do celular o objeto ou lugar. Desta forma, o voluntário conduz o deficiente, tornando-se os “olhos de dele”, como sugere o nome do aplicativo.

Veja no vídeo abaixo:

Be My Eyes – helping blind see from Be My Eyes on Vimeo.

 

Lançado há dois meses, o aplicativo possui mais de 159 mil voluntários e 16 mil deficientes inscritos. Segundo o app, já foram mais de 54 mil ajudas.

O aplicativo está disponível apenas para iPad e iPhone. E o melhor, ele apresenta diversas opções de idioma e é gratuito.

COMENTÁRIOS:

Comentários

Uma Resposta para “Aplicativo ajuda deficientes visuais a “enxergarem” com os olhos de outras pessoas”
  1. Mazz disse:

    Poxa que legal!!! achei a ideia genial!

Comente

Deixe aqui sua opinião...