Fazer as refeições em família, onde todos conversam e convivem bem, pode prevenir as crianças de sofrerem de obesidade.

O estudo foi realizado na Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, onde a equipe responsável acompanhou os hábitos de 120 crianças, com idade entre 6 e 12 anos, que foram questionadas sobre a alimentação diária.

No grupo, metade das crianças eram obesas ou estavam acima do peso. Estas apresentavam momentos de refeições com pouca qualidade de interação, hostilidade, falta de comunicação e emoções negativas.

Já as crianças com peso normal se alimentavam em um ambiente acolhedor, com pais comunicativos, que aconselhavam as crianças a comerem mais e melhor para correr rápido.

Além disso, notou-se que as crianças obesas faziam a refeição em média 13 minutos. Diferente das crianças com peso normal, que se alimentavam em 18 minutos.

A equipe de pesquisadores responsáveis acredita que a reunião familiar durante as refeições é importante para a saúde dos filhos, mas é indispensável que estes momentos sejam repletos de positividade, conforto e muita comunicação.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...