Você cresceu, casou, teve filhos e, a partir de agora, todas as suas atenções devem ser dispensadas à sua nova família, certo? Errado. Você saiu de casa, mas seus pais, por mais independentes que possam ser, ou parecer, sentirão falta de ter alguém com quem se preocupar, de quem cuidar, mesmo que esse alguém já tenha passado, e muito, dos 30 anos.

Por outro lado, você realmente tem uma nova vida, novas obrigações, novas responsabilidades. Como conciliar essas atenções?

Síndrome do ninho vazio
Sempre escutamos que os pais criaram os filhos para o mundo. Mas, quando eles efetivamente “caem no mundo”, a realidade é diferente.

As mulheres sentem certo vazio e até certa ociosidade, por não serem exigidas pelos filhos o tempo todo. Os homens se sentem impotentes por perderem o posto de responsável financeiro da família. Como driblar essa situação?

Nova fase
Para os filhos, cabe respeitar o momento e a nova fase pela qual os pais estão passando e seguir algumas atitudes:

  • estimular o convívio dos pais com a nova família – mostre que eles são parte dela também;
  • enfatizar a importância deles no seu sucesso e na sua nova vida – agradeça, sempre, as oportunidades que lhe deram e os sacrifícios que fizeram por você
  • manter contato freqüente e fazê-los se sentirem importantes;
  • incentivá-los em novas atividades – mostre que o tempo livre pode ser bem aproveitado e divertido;
  • não procurá-los apenas quando for conveniente – eles não são, por exemplo, babás em tempo integral de seus filhos.

Para os pais, cabe aproveitar a nova fase, buscar novos interesses, gozar do tempo livre e curtir a tão sublime e esperada expressão: enfim sós!

Fonte: Finanças Práticas

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...