92017816O governo do Estado de São Paulo implementará um modelo de PPP (Parceria Público-Privada), inédito no país, para o armazenamento e a distribuição de medicamentos. A contratação da PPP será feita via concessão administrativa pelo prazo de 20 anos

A nova logística de medicamentos e vacinas abrangerá a distribuição de insumos ambulatoriais e o abastecimento e distribuição de suprimentos hospitalares nos Complexos de Hospitais das Clínicas localizados nas cidades de São Paulo, Ribeirão Preto, Marília, Campinas e Botucatu.

A medida tem como objetivo reduzir perdas com roubos, validade vencida e má conservação dos produtos, que chegam a R$ 600 milhões ao ano. Com isso, haverá um positivo impacto na redução de custos aos cofres públicos.

Com informações: Valor Econômico e DCI.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...