93958555Na próxima terça-feira (29/10) é comemorado o dia mundial de combate ao AVC, para alertar a população sobre os riscos da doença, a Associação Paulista de Neurologia, em parceria com a Bayer, irá realizar mutirões de exames em São Paulo. A iniciativa acontece no mundo todo guiada pelo “World Stroke Association”, no Brasil a ação é liderada pela Academia Brasileira de Neurologia e Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares.

O AVC – Acidente Vascular Cerebral – acontece quando há um comprometimento do fornecimento sanguíneo para o sistema nervoso central. Ele é, atualmente, a principal causa de morte no Brasil e a principal causa de sequelas incapacitantes em adultos no mundo todo. “O AVC é uma doença grave, porém com boa possibilidade de prevenção. A melhor maneira de prevenir um AVC é a detecção e correção dos fatores de risco com a adoção de hábitos mais saudáveis no dia a dia. Praticar alguma atividade física regularmente, manter uma alimentação saudável, controlar o peso e a gordura abdominal, manter a pressão arterial dentro dos limites, não fumar e restringir a ingestão alcoólica ajudam na prevenção da doença”, explica o Dr. Rubens Gagliardi, vice-presidente da Academia Brasileira de Neurologia.

Os AVC podem ser do tipo isquêmico (quando há um entupimento nas artérias responsáveis pela irrigação cerebral), que corresponde a 85% dos casos, ou hemorrágico (sangramento em uma parte do cérebro, em consequência do rompimento de um vaso sanguíneo). As sequelas são determinadas pela região do cérebro atingida, dependendo do caso o paciente pode até vir a óbito.

Uma das formas de se prevenir da doença, além de manter uma vida saudável, como elucidou o Dr. Gagliardi, é fazer exames de rotina e identificar doenças que podem acarretar no AVC. A fibrilação atrial (FA) – um tipo de arritmia cardíaca que atinge em torno de 1,5 milhão de pessoas no país – é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do AVC tipo isquêmico, pois a obstrução é, geralmente, causada por coágulos sanguíneos formados na parede das artérias ou no interior do coração. “Os pacientes com fibrilação atrial têm, em média, cinco vezes mais probabilidade de ter um AVC em comparação com a população em geral”, explica o médico.

Sintomas do AVC

Os sintomas são difíceis de serem identificados, mas reconhecê-los pode ser determinante para salvar uma vida. Veja alguns dos sintomas que podem caracterizar um derrame e chame ajuda especializada o mais rápido possível:

  •  Diminuição ou perda súbita de força no braço ou perna de um lado do corpo;
  • Alteração aguda da fala, incluindo dificuldade para articular frases e se expressar ou para compreender a linguagem;
  • Perda súbita de visão em um ou nos dois olhos;
  • Dor de cabeça súbita, intensa e persistente, sem causa aparente.

Mutirão Dia Mundial de Combate ao AVC em São Paulodoctor measures pressure in the patient

Nos dias 28, 29, e 30 de outubro, a Associação Paulista de Neurologia oferecerá, gratuitamente, exames de aferição de peso, altura, pressão arterial, pulso e eletrocardiograma à população na Estação Sé do Metrô.

Orientações e palestras

No dia 25, o Hospital Israelita Albert Einstein, por meio de seu Programa de Neurologia, estará no Hospital Moysés Deustch, no M’Boi Mirim, para a Campanha de AVC da instituição. Das 9h às 12h, a Dra. Gisele Sampaio, coordenadora do Programa, ministrará uma palestra sobre os principais sinais e sintomas da doença.

A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo realizará, no dia 26 de outubro, uma atividade de orientação à população quanto à ocorrência do AVC. A instituição fará uma pesquisa populacional sobre o conhecimento das pessoas em relação à doença e acerca da identificação dos fatores de risco para ela.

Durante a campanha, também serão distribuídos folhetos informativos sobre a doença na Av. Paulista. No local, também haverá coleta de assinaturas para a campanha mundial “Sign Against Stroke” – SAS, ou Assine contra o AVC, em português.

Serviço:

Palestra Sinais e Sintomas do AVC

25 de outubro, das 9h até 12h.

Hospital do M’Boi Mirim – Estrada do M’Boi Mirim, 5203- Auditório – Jd. Angela

Mutirão Dia Mundial de Combate ao AVC em São Paulo

Nos dias 28, 29 e 30 de outubro, das 7h às 14h.

Estação Sé do Metrô – Praça da Sé s/n – Centro

Serviços oferecidos: aferição de peso, altura, pressão arterial, pulso e eletrocardiograma.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...