O direito à cirurgia plástica reparadora na mama após uma operação para retirada de câncer na região já é coberta pelo Sistema Único de Saúde (SUS) por uma lei de 1999. Acontece que a norma não ordena que a reconstrução seja realizada no mesmo procedimento cirúrgico, o que  prejudica muitas mulheres que esperam anos para conseguir a reconstrução da mama. Mas isso vai mudar. O Projeto de Lei (PLS 43/2012) que foi aprovado em 26 de março pelo Senado vai garantir o direito à cirurgia plástica na mama logo após – e imediatamente – a retirada do câncer, na mesma operação.

A proposta segue para a última etapa que é a sanção da presidente Dilma Rousseff.

Em seu parecer, a senadora Ana Amélia (PP-RS), relatora da proposta, afirmou que há “uma fila enorme de mulheres aguardando pela operação de reconstrução mamária, que muitas vezes demora cinco anos para ser realizada”. Para ela, as mulheres “mais pobres” serão as principais beneficiadas com a mudança.

Com informações da Agência Senado

COMENTÁRIOS:

Comentários

Uma Resposta para “Direito à cirurgia plástica reparadora na mama logo após retirada de câncer”
  1. Clique aqui disse:

    Este assunto é muito importante pois as mulheres que passa por uma doença tão dolorosa, com certeza tem que ter o direito de no mínimo poder fazer esta cirurgia para melhorar sua auto estima.

Comente

Deixe aqui sua opinião...