12 de Novembro – Dia Mundial contra a Pneumonia

Doença pode ter evolução muito rápida. Em um dia, você está bem, mas, em poucas horas, a infecção se manifesta e é preciso procurar atendimento médico sem demora.

A pneumonia é a doença que mais mata crianças menores de 5 anos e chega a ser responsável por 18% do total de mortes nessa faixa etária. As infecções pulmonares podem ser causadas por vírus, bactérias ou fungos. São contagiosas e transmitidas por meio de contato direto ou gotículas de saliva.

Mamães e papais, prestem atenção aos sintomas:

É muito comum a pessoa (principalmente as de mais idade e as crianças pequenas) com pneumonia apresentar confusão mental, febre, alteração da pressão arterial, mal-estar generalizado, falta de ar e secreção purulenta.

Febre – costuma ser alta, acima de 38º. Febre de 37,5º, aquela que precisa do termômetro para verificar se a pessoa está mesmo febril, não é o sintoma mais frequente das pneumonias.

Tosse –  na maioria dos casos, a degradação das células de defesa produz muco purulento de coloração esverdeado-amarelada que vai ser eliminado pela tosse.

Dor torácica - o movimento de encher e esvaziar os pulmões, próprio da respiração, provoca dor porque eles estão inflamados. Toxemia intensa e um estado de prostração, de moleza, próprios dos quadros infecciosos também estão entre os sintomas das pneumonias.

*Com informações da Agência Brasil e Dr. Drauzio Varella

 

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...