O índice de reciclagem da lata de alumínio para bebidas é o mais alto da história da embalagem no País e no mundo. Em 2011, foram recicladas 250 mil toneladas de latinhas, o que equivale a 98,3% do total de latas produzidas no Brasil, segundo dados da Abralatas (Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade) e a Abal (Associação Brasileira do Alumínio).

Desde 2001, o Brasil lidera o ranking mundial de reciclagem de latas de alumínio.

Economia de energia

A reciclagem representou 3.780 GWh/ano, o que seria suficiente para atender à demanda anual residencial de 6,5 milhões de brasileiros (2 milhões de residências).

30 edifícios de 10 andares

A quantidade reciclada – 250 mil toneladas – representa 350 mil metros cúbicos de alumínio prensado, o equivalente a 30 edifícios de 10 andares. O processo de reciclagem de alumínio libera apenas 5% das emissões de gás de efeito estufa, quando comparado com a produção de alumínio primário. Para cada quilo de alumínio reciclado, evita-se a extração de cinco quilos de bauxita (minério que gera o alumínio).

Veja o Índice de reciclagem da latinha divulgada pela Abralatas AQUI

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...