A partir de 4 de junho, três remédios para doença respiratória poderão ser retirados gratuitamente nas farmácias que fazem parte da ação Saúde Não Tem Preço. Desde o lançamento do programa Brasil Carinhoso, que ocorreu nesta segunda-feira (14), ações para melhorar a qualidade de vida de crianças entre 0 e 6 anos se espalham pelo nosso país. O governo pretende ampliar o Bolsa Família, aumentar o número de creches e promover a distribuição de medicamentos para crianças.

Os remédios para asma a serem incluídos na gratuidade são o brometo de ipratrópio, dirpoprionato de beclometasona e sulfato de salbutamol. Eles já fazem parte do programa Farmácia Popular e atualmente são ofertados para a população com até 90% de desconto.

A expectativa do ministério é que a inclusão dos medicamentos no Saúde Não Tem Preço tenha impacto positivo especialmente na saúde infantil.

A asma é uma das grandes doenças crônicas não transmissíveis que afeta as crianças. Ela é foco de ações estratégicas do Ministério da Saúde desde o ano passado, onde 177,8 mil de internações no SUS (Sistema Único de Saúde) aconteceram por decorrência da doença. Dentre as internações, 77,1 mil foram de crianças entre 0 e 6 anos.

Outros medicamentos que fazem parte do programa Saúde Não tem Preço são para diabetes e hipertensão.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...