Os seus relacionamentos são tão importantes para a sua saúde quanto a sua alimentação, é a afirmação feita pelo psicólogo da Universidade de Brandeis, nos Estados Unidos. Quando você compete por atenção com alguém, se estressa com comentários impróprios ou tem interações sociais negativas, duas proteínas inflamatórias são liberadas no organismo e podem trazer riscos à saúde.

Isso foi mostrado por um estudo feito pela faculdade de medicina da UCLA (University of California, Los Angeles).

Os pesquisadores pediram para 122 jovens saudáveis, sem nenhum histórico de doenças cardíacas, problemas inflamatórios ou depressão, manter um diário (por 8 dias) sobre suas relações sociais, positivas ou negativas. Isso inclui competições acadêmicas, interação com os amigos, paqueras, professores e até mesmo os inimigos.

Passado o período de teste, os cientistas coletaram a saliva dos jovens para análise. As pessoas que relataram mais interações negativas em seus diários, tinham níveis relativamente elevados de uma das proteínas inflamatórias – Receptor de TNF 2. Os jovens que anotaram estresse por competir pela atenção de alguém possuíam altas concentrações de outra proteína inflamatória – interleucina-6.

Esses gatilhos inflamatórios foram ligados ao aumento do risco de doenças cardíacas, pressão alta, câncer e depressão, de acordo com a Science News. Os resultados da pesquisa somam a um crescente relato que conecta os estresses sociais a riscos biológicos.

Afinal, é melhor manter seus bons amigos por perto e os seus inimigos não tão próximos assim.

COMENTÁRIOS:

Comentários

2 Respostas para “Pesquisa mostra como relacionamentos negativos afetam a sua saúde”
  1. SolidWorks disse:

    É do conhecimento nosso do senso comum que relações sociais erradas prejudicam a nossa qualidade de vida, pois o humor é afetado e com isso ficamos mais nervosos, estressados. O brilhante texto explica de forma clara e simples, como de fato isso afeta no nosso organismo.

Comente

Deixe aqui sua opinião...