Imagem: UNEP

Um novo aplicativo para iPhone, desenvolvido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), permite aos usuários calcular as próprias pegadas de carbono.

O que é isso? Uma analogia para as pessoas começarem a ver o impacto de cada atividade que exercem. Uma pegada de carbono corresponde à quantidade de dióxido de carbono (CO2) emitida como resultado direto ou indireto de cada atividade.

Quantos manguezais levam para compensar um voo transatlântico? Que ações de consumo podemos tomar para reduzir os danos às florestas tropicais?

O aplicativo chama a atenção para o papel crítico desempenhado pelos ecossistemas, como restingas, mangues, florestas tropicais e algas marinhas no combate às mudanças climáticas.

Chamado de Blue and REDD Carbon, o aplicativo ainda fornece informações detalhadas sobre o papel vital dos ecossistemas costeiros e terrestres em armazenamento e sequestro de carbono.

O objetivo é promover uma melhor gestão dos ecossistemas costeiros, como manguezais, pântanos de água salgada, que servem como “sumidouros de carbono”, e podem armazenar, no caso das florestas de mangue, até 1.900 toneladas de dióxido de carbono por hectare.

De acordo com o relatório do PNUMA, os ecossistemas florestais contribuem aproximadamente com 468 bilhões para a economia global. A floresta equatorial também contém cerca de metade de todas as espécies vegetais e animais conhecidas na Terra.

No entanto, muitos destes ecossistemas vitais estão desaparecendo a uma velocidade alarmante, devido ao desmatamento, desvio de água e outros fatores.

O aplicativo é gratuito na Apple Store e está disponível em espanhol, inglês, francês, japonês, chinês, russo e árabe.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...