No meu bairro, todo dia alguém passeia com o cão e deixa que ele faça xixi perto do portão de entrada do prédio. Às vezes, minha vontade é espiar o dia inteiro este momento chegar: “Olá, vizinho, tudo bem? Por que você não o leva para fazer isso na porta de sua residência?”

Mas se mesmo em tempos remotos essa espera cansaria, quem dirá nos dias de hoje. Agora, se eu tivesse (mesmo online) uma rede em que pudesse deixar um recado para essas pessoas do meu microcosmos bairro, seria uma mão na roda.

Queridos, tenho notado a entrada do meu prédio sempre molhada do xixi de um cão que acredito ser fofinho. Mas o aspecto amarelo e o mau cheiro na porta incomodam. Sei que o dono do cãozinho compreenderá e ensinará a ele que no poste é mais legal. Atenciosamente.

Para esses eventuais e necessários diálogos, foi criada uma rede social privada para bairros. Mas, por enquanto, a Nextdoor só abrange os Estados Unidos. Diz-se ser a maneira mais fácil para você e seus vizinhos – e somente você e seus vizinhos – conversarem e tornarem a vida melhor no mundo real. Eu concordei.

Para fazer parte de um bairro no Nextdoor, você tem que viver nele, ponto. Eles são bem claros quanto a isso. E há diversos temas que poderiam ser interessantes para tornar a vida mais harmoniosa e até valorizar o bairro. Poderiam organizar uma petição para salvar um espaço público; fazer recomendações de pintores, eletricistas, restaurantes, lojas, serviços…

Traria de volta um sentido de comunidade. Fica a dica.

COMENTÁRIOS:

Comentários

Uma Resposta para “Bons motivos para você falar com seus vizinhos”

Comente

Deixe aqui sua opinião...