Pelo terceiro ano consecutivo, a campanha ‘Segunda Sem Carne’, promovida pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) e pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) de São Paulo, incentiva os brasileiros a tirarem a carne do cardápio pelo menos uma vez por semana.

Para estimular a população a provar novos sabores e abdicar da carne, nem que seja só na segunda-feira, a SVB garante que essa mudança de hábito beneficia os indivíduos, o meio ambiente e os animais. A ideia é conscientizar a sociedade a respeito dos impactos que o consumo de carne causam ao meio ambiente e ao nosso corpo, e, ao mesmo tempo, motivar uma reflexão sobre como os animais são criados e abatidos para gerar comida.

Esta campanha já existe em outros países, como EUA e Reino Unido, liderada pelo ex-Beatle Paul McCartney, e conta com o apoio de diferentes celebridades de todo o mundo, como: Yoko Ono, Moby, Ziggy Marley, Marisa Monte, Gilberto Gil, Ellen Jabour, entre outros.

“Parar de comer carne pelo menos um dia por semana é uma mudança significativa que todos podem adotar”. Paul McCartney, músico.

“A campanha brasileira é um exemplo e todos deveriam tentar a Segunda Sem Carne para começar a entender melhor a filosofia vegetariana”. Moby, músico vegano.

Segundo pesquisa do IBOPE de 2010, 9% dos brasileiros acima de 18 anos se declaram vegetarianos, um número que equivale a cerca de 20 milhões de pessoas.

Já uma pesquisa coordenada pelo Instituto Ipsos, feita no começo de 2011 no Brasil, declarou que 28% dos brasileiros já procuram comer menos carne.

Seja por convicções próprias, por uma questão de gosto, pelo meio ambiente ou, ainda, por cultivar hábitos mais saudáveis, é fato que o brasileiro já percebeu a necessidade de reduzir o consumo das carnes em sua dieta.

“Ao deixar de consumir carne uma vez por semana, as pessoas têm a oportunidade de descobrir os sabores da culinária sem carne. Além disso, estão cuidando de sua saúde e fazendo uma grande diferença para o planeta e para os animais” – explica Marly Winckler, presidente da SVB.

Pelo planeta, pelos animais e pelas pessoas

Para suprir toda a demanda de carne para a população do planeta, bilhões de animais são criados. E eles consomem água, recursos energéticos, demandam espaço, geram poluição atmosférica, entre outros gastos.

Você sabia que para se produzir 1 Kg de proteína animal são necessários de 3 a 15 kg de proteína vegetal, como milho, soja etc.?

Veja abaixo o infográfico da SVB que demonstra o custo para o meio ambiente de 1 Kg de carne:

Se mais pessoas adotassem o hábito de diminuir o consumo de carne, menos animais teriam que ser criados em cativeiro e, consequentemente, não sofreriam. Atualmente, a cada ano, mais de 67 bilhões de animais terrestres são criados em função da alimentação humana.

Evitar o consumo de carne também previne doenças crônicas e degenerativas, como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, obesidade, diversos tipos de câncer e diabetes.

Evidentemente que grande parte dos grãos produzidos no mundo vão para a alimentação dos humanos, né? Na verdade, não. Pois cerca de 60% do milho e da cevada e 97% do farelo de soja são destinados à alimentação de animais que irão para o abate.

Mesmo com um bilhão de pessoas passando fome no mundo, toda essa produção de grãos tem sido destinada aos animais. Assim como grande parte de água e terras agricultáveis estão sendo utilizados para criar animais e produzir carne que só os povos mais ricos comerão.

Por que segunda?

Segunda-feira é o dia das decisões: as pessoas começam regimes, apostam no abandono de vícios ou maus hábitos. E já que os brasileiros costumam consumir ainda mais carne aos finais de semana, às segundas os excessos são compensados com uma alimentação leve.

Então o dia foi considerado ideal pelos idealizadores para se tirar a carne do prato. Pensando em ajudar a quem deseja adotar esse hábito, no site da Sociedade estão disponíveis receitas saborosas vegetarianas, além de dicas de nutrição. Você também pode fazer o download de bonecos toyart dos mascotes da campanha para imprimir e montar. ♥

COMENTÁRIOS:

Comentários

5 Respostas para “Segunda Sem Carne: descubra novos sabores”
  1. Adriana disse:

    Eu parei de comer carne vão completar 2 meses e estou muito satisfeita. Me fez mt bem física e mentalmente! Me sinto mt bem c/ minha consciência tb!!

    • blogdasaude disse:

      Adriana, legal seu depoimento. Mais pessoas podem se inspirar a diminuir o consumo exagerado. Mas precisa ficar atenta para consumir outras fontes de proteína ;)! Abraços

  2. Sergio disse:

    É isso, fica a dica pra vocês. Não custa tentar. “Mudando sua alimentação você pode mudar o mundo”. Eu acrescentaria: “você pode mudar a sua vida e o mundo”. Um grande abraço.

  3. Christian Saboia disse:

    A principal fonte de proteínas de origem vegetal são os feijões, incluindo lentilhas, grão de bico, ervilhas e a soja (que é apenas um tipo de feijão). Um dieta balanceada garante um suprimento suficiente de proteínas contendo todos os aminoácidos necessários, sem incorrer no risco do excesso de proteínas, este sim um problema real e bastante comum, que pode causar intolerâncias ou alergias.
    Ainda, a alimentação baseada em vegetais não nos expõe aos riscos habituais da alimentação que inclui produtos de origem animal, as gorduras saturadas, que nos predispõe ao aumento do LDL, o colesterol "ruim".
    Não é a toa que diversas doenças ligadas ao excesso de peso, como diabetes, hipertensão arterial, cardiopatias e também o câncer gástrico e colorretal, estão diretamente associadas ao consumo da carne. Nisto incluem-se todos os tipos de carne, naturalmente. O estômago não enxerga cores. Não se trata exclusivamente de "carne vermelha".

Comente

Deixe aqui sua opinião...