A revista Veja, em sua última edição, publicou uma matéria de capa indicando que o medicamento Victoza (aprovado pela Anvisa para tratar diabetes tipo 2) seria eficaz para emagrecimento. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária esclareceu alguns pontos importantíssimos sobre essa questão.

O Victoza é um produto biológico, ou seja, uma molécula de alta complexidade, de uso injetável, contendo a substância liraglutida, aprovado pela Anvisa para comercialização no Brasil em março de 2010.

Para o registro do produto na Anvisa, foram apresentados estudos clínicos que comprovaram eficácia e segurança do produto para uso específico como tratamento de diabetes tipo 2.

Portanto, a indicação de uso do medicamento aprovada pela Anvisa é como “adjuvante da dieta e atividade física para atingir o controle glicêmico em pacientes adultos com diabetes mellitus tipo 2, para administração uma vez ao dia como monoterapia ou como tratamento combinado com um ou mais antidiabéticos orais (metformina, sulfoniluréias ou uma tiazollidinediona), quando o tratamento anterior não proporciona um controle glicêmico adequado”.

Nos estudos clínicos do registro e nos relatórios de segurança periódicos apresentados a Anvisa, foram relatados eventos adversos associados ao Victoza, sendo os mais frequentes: hipoglicemia, dores de cabeça, náusea e diarreia. Além destes eventos destacam-se outros riscos, tais como: pancreatite, desidratação e alteração da função renal e da tireóide.

A única indicação aprovada atualmente para o medicamento é como agente antidiabético. Não há, até o momento, solicitação na Anvisa por parte da empresa detentora do registro de extensão da indicação do produto para qualquer outra finalidade.

Não foram apresentados a Anvisa estudos que comprovem qualquer grau de eficácia ou segurança do uso do produto Victoza para redução de peso e tratamento da obesidade.

A Anvisa não reconhece a indicação do Victoza para qualquer utilização terapêutica diferente da aprovada e afirma que o uso do produto para qualquer outra finalidade que não seja como antidiabético caracteriza elevado risco sanitário para a saúde da população.

Passem a informação adiante.

COMENTÁRIOS:

Comentários

13 Respostas para “O que diz a Anvisa sobre o medicamento Victoza”
  1. Maria paula vargas disse:

    Acho ótimo este esclarecimento !!!

  2. Roberto Lobo disse:

    Esclarecimento excelente. Muitas pessoas aqui da região ja estao a procura do produto. Acho que a revista teria que noticiar estes esclarecimentos noutra edição urgente, pois caso contrario , quem tomar precepitadamente o remedio pode adiquirir outras coisas alem da obesidade, sem falar que podem ser diabetes de qualquer tipo sem saber. Tambem tem o fato de que o remedio vai encarecer mediante tanta procura por parte dos gordinhos. Vamos divulgar o cert , pessoal. Abraços

    • blogdasaude disse:

      Roberto, contamos com você para divulgar o esclarecimento da Anvisa. A questão é sempre a mesma, para perder peso não existe milagre. Obrigada. Abraços!

  3. Sofia disse:

    O que me interessa é saber quando a Anvisa vai liberar novamente a venda deste medicamento, que foi absurdamente recolhido das farmácias. Os diabéticos tomam e aprovam. Não é justo que agora prejudiquem o tratamento de quem já começou.

  4. Rosane disse:

    A Anvisa está corretíssima em repreender a Revista Veja quem movida pelo sensacionalismo barato para vender revistas, publicou esta matéria irresponsável prejudicando todos os diabéticos,obesos e hipertensos deste país.

    A Anvisa não recolheu o remédio, e sim o estoque acabou nas farmácias depois da reportagem!

    Houve uma corrida às lojas para compra do mesmo como emagrecedor milagroso.

  5. Elaine disse:

    Preciso tomar esse medicamento,que já me foi prescrito pela minha endocrinologista,mas gostaria de saber mais detalhes sobre esses efeitos adversos,principalmente aos relacionados ao pancreas,rins e tireoide,como isso funciona?Agente conserta um lado e estraga o outro???

    • blogdasaude disse:

      Elaine, esses são possíveis efeitos adversos. A resposta da Anvisa foi em decorrência do uso indiscriminado do medicamento por ter saído na matéria de capa da Veja como algo milagroso para emagrecer. O medicamento só foi testado por aqui para tratar diabetes tipo 2, sendo recomendado para este fim. Converse com o seu endocrinologista a fim de esclarecer todas as suas dúvidas. Abraços

  6. Maria Virginia disse:

    Foi diagnosticado bócio colóide na minha tireóide.Já estou fazendo o tratamento com meu endocrinologista. Porém,minha nutróloga receitou Victoza para minha perda de peso, dizendo não ter nenhum efeito colateral. Já estou tomando durante 01 semana, mas estou com mto medo, visto ter lido o relatório da ANVISA dizendo que, dentre os efeitos colaterais, a droga pode causar câncer na tireóide e no Pâncreas. Devo suspender o tratamento?
    Virginia

    • blogdasaude disse:

      Maria Virginia, a Anvisa publicou o relatório após a Revista Veja indicar o Victoza para emagrecimento em matéria de capa, o que fez com que muitas pessoas recorressem ao remédio, sem indicação médica. Você deve consultar o seu endocrinologista, que acompanha o seu caso, para saber a respeito da interferência. Ele, sendo um profissional e contendo o seu diagnóstico, poderá lhe informar. Não indicamos, nem suspendemos tratamento algum através da internet. Isto cabe aos médicos em consultas que acompanham os seus pacientes. Não deixe de consultá-lo. Abraços

  7. CLEISE HUTHMACHER disse:

    Qual outros laboratorios no Brasil tem Victoza para vender para Prefeituras, obridada Cleise

    • blogdasaude disse:

      Olá Cleise, a única informação que encontrei sobre o laboratório foi que é dinamarquês, se chama Novo Nordisk, e produz e exporta para o Brasil o Victoriza, mas não sei se estão disponíveis nas prefeituras. Os medicamentos disponíveis gratuitamente pelo governo através do Farmácia Popular para diabéticos são: CLORIDRATO DE METFORMINA, GLIBENCLAMIDA, INSULINA HUMANA NPH e INSULINA HUMANA REGULAR.

  8. CLEISE HUTHMACHER disse:

    PRE CISO SABER PORQUE PEDI POR ORDEM JUDICIAL A PREFEITURA ONDE TRABALHO POR SER LEI PARA DIABETICOS ACIMA DE 60 ANOS A PEDIDO MEDICO

Comente

Deixe aqui sua opinião...