Além da decisão sobre a marca e o modelo, na hora de comprar um carro, a escolha da forma de pagamento também deverá ser analisada. Se o tão sonhado carro será financiado, você precisa ficar atento às taxas praticadas e aos preços cobrados no mercado.

A Proteste esclareceu as dúvidas mais comuns que surgem ao fazer um financiamento. Para evitar dores de cabeça, confira as dicas:

Onde é melhor financiar: no banco ou pela montadora?

As condições encontradas nos bancos são melhores. Mas as taxas de juros podem variar, tanto nas agências dos bancos comerciais, quanto nas concessionárias. Por isso, o melhor é fazer pelo menos três simulações, inclusive no seu banco.

Posso adiantar parcelas ou quitar integralmente a dívida?

Sim. É recomendável que você quite antecipadamente a dívida ou antecipe parcelas sempre que possível. Antecipando o pagamento você pagará um valor menor, pois os juros serão calculados para uma data anterior à prevista.

O que acontece se em um determinado mês eu não conseguir pagar a parcela do financiamento? Corro o risco de perder o carro?

Sempre que uma parcela é atrasada, esse risco existe. Porém, isso não acontece de uma hora para outra; você receberá uma notificação com prazo para pagamento do atraso. Com esse documento em mãos você pode pagar a dívida ou ajuizar rapidamente uma ação revisional com pedido de liminar.

• Durante o financiamento é possível renegociar as parcelas?

Sim, mas a mudança da situação econômica deverá ser comprovada. Nesse caso cabe a ação revisional, que tem por objetivo revisar os contratos de financiamento para reduzir a prestação mensal paga, seja por algum abuso no contrato ou por incapacidade de pagamento.

• Como posso ajuizar uma ação?

Você deverá comprovar que existem cláusulas abusivas ou que as condições atuais não são as mesmas de quando você fez o contrato, e que isso impede o pagamento. Deverá requerer ao juiz uma liminar que o autorize a depositar em juízo os valores que entende devido, ou seja, você não ficará sem pagar a parcela do financiamento. Mas você não poderá deixar de cumprir o pagamento, pois isso pode acarretar em derrota judicial.

COMENTÁRIOS:

Comentários

2 Respostas para “E na hora de financiar um carro?”
  1. Renato disse:

    Outra dica também é procurar uma pessoa que esteja com dificuldades de pagar um financiamento e assumir as parcelas. nesse site http://www.repasso.com.br tem várias ofertas de repasses de financiamentos.

Comente

Deixe aqui sua opinião...