O Instituto Nacional do Câncer tem um aviso a todos, com o objetivo de juntar o maior número de pessoas em prol dessa causa nobre.

O Dia Mundial do Câncer, instituído em 2005 pela União Internacional para o Controle do Câncer-UICC, é comemorado todo dia 4 de fevereiro com apoio do INCA.

A data tem como objetivo chamar a atenção das nações, lideranças governamentais, gestores de saúde e do público em geral para o aumento da incidência do câncer que atingiu proporções catastróficas no mundo, tornando-se uma ameaça às futuras gerações.

Mais de 12, 7 milhões de pessoas são diagnosticadas todo ano com câncer e 7,6 milhões de pessoas morrem vítimas da doença. No Brasil, são esperados, somente para 2011, quase 500 mil novos casos.

Se não forem tomadas medidas de longo e largo alcance, haverá 26 milhões de casos novos e 17 milhões de mortes por ano no mundo em 2030, sendo que 2/3 das vítimas ocorrerão nos países em desenvolvimento.

Conferência de Cúpula da ONU

No centro das ações programadas para o Dia Mundial do Câncer deste ano está a mobilização em torno da conferência de cúpula da Organização das Nações Unidas/ONU sobre Doenças Não-Transmissíveis (cardiovasculares, diabetes, respiratórias) e Câncer, planejada para 19 e 20 de setembro de 2011.

Será a terceira vez que o tema saúde terá destaque na Assembleia Geral da ONU – a última foi na década de 80 para discutir a Aids – o que dá a dimensão da importância dessas doenças e será uma excelente oportunidade para que o câncer seja incluído como prioridade na agenda do desenvolvimento global.

Declaração Mundial contra o Câncer

Em 2008, foi lançada a Declaração Mundial contra o Câncer, com metas para reduzir a magnitude da doença no mundo até 2020. Desde então, a UICC tem apelado para que governos, instituições e a população se comprometam com esses objetivos assinando o documento.

Agora, a Declaração servirá de instrumento para mobilização no encontro de cúpula da ONU dedicado às Doenças Não Transmissíveis.

Espera-se apresentar um milhão de assinaturas aos chefes de estado e autoridades presentes. E você pode participar: assine já a Declaração.

O desafio é global, mas a solução depende de cada um de nós.

COMENTÁRIOS:

Comentários

2 Respostas para “Dia Mundial do Câncer: Juntos somos mais fortes”
  1. Guilherme Reichmann disse:

    Viava com saúde! Não fume-se!

Comente

Deixe aqui sua opinião...