Timothy Ray Brown Foto: www.peterrigaud.com

O paciente teve um caso isolado, mas sua história pode dar dicas sobre como achar a cura para a doença.

Timothy Ray Brown de 42 anos, um americano habitante de Berlim, teve um transplante arriscado de sangue de células-tronco em 2007 para tratar leucemia. Seu doador além de ter um tipo sanguíneo compatível com o seu, também tinha uma mutação gênica que fazia com que ele fosse resistente ao HIV.

Agora, três anos depois, sem tomar remédios antirretrovirais desde o transplante, e passar por testes completos, os médicos puderam declarar oficialmente:

O paciente de Berlim não mostra nenhum sinal de leucemia ou infecção por HIV, de acordo com um relatório divulgado pela revista Blood.

A demonstração é surpreendente é interessantíssima, mas até o momento é uma terapia muito arriscada para se tornar comum, pois é difícil até mesmo de encontrar doadores compatíveis, disse Michael Saag da Universidade de Alabama.

Sabe-se que…

O transplante a que foi submetido é feito para tratar câncer, e seu risco se realizado em pessoas saudáveis é desconhecido.

Esse tratamento envolve a destruição completa do sistema imunológico do receptor com medicamentos e radiação, e com as células do doador é que se desenvolverá um novo sistema imunológico.

A taxa de mortalidade ou complicações desse procedimento podem ser 5% maiores que nos procedimentos tradicionais, disse Saag.

Pesquisadores alemães informam que isso representa um avanço científico. A possível cura, porém, só veio depois de muitas complicações e tratamentos de saúde.

COMENTÁRIOS:

Comentários

5 Respostas para “Homem é curado da AIDS”
  1. clívia almeida disse:

    Então o que curou o Timothy foi a mutação gênica resistente ao virus da AIDS do doador? Logo, um passo para a cura está em extender essa mutação às pessoa com o virus HIV?

    • blogdasaude disse:

      Olá Clívia,
      Sim, ele foi curado pela resistência do doador ao vírus , porém isso só foi possível porque ele necessitava de um transplante de medula óssea para tratar a leucemia, procedimento arriscado. O que os cientistas afirmam é que este é um caso de grande avanço científico, já que é a primeira cura. Porém, ainda não se sabe como tornar este método aplicável aos demais portadores. Abs, Blog da Saúde

      • Kauany disse:

        Isso se o vírus não se tornar resistente a esse tipo de mutação gênica :S
        Mas pelo que sei, a AIDS não tem/tinha cura porque o vírus ataca o sistema imunológico, logo, se destruir o sistema imunológico da pessoa, destrói o vírus também… meu.. fantástico… só não se sabe se essa idéia será apoiada ou não, porque grandes empresas lucram muito com a venda de coctéis.. girando a economia global – fato ridículo, mas o dinheiro é tudo pra muitos, principalmente para os ricos.. como a possibilidade de viver sem petróleo – o Brasil tem essa capacidade.. porém.. o grande forte do Brasil é a Petrobrás.. que se dane a natureza – é o q pensam… pois é.. como não duvido que câncer tenha cura.

  2. Tratar Saúde disse:

    Que bela história, teve um final feliz para este doente, de repente ficou curado de duas doenças. Também poderá ser mais um avanço da medicina para a cura desta doença.

  3. Victor Duarte disse:

    Conheço umas dez pessoas que foram curadas da AIDS. E eles possuem exames do antes e do depois para comprovar isso! Já ouviram falar da Igreja Mundial do Poder de Deus?? Pois é, o engraçado é que ninguém publica esses milagres, todos se preocupam apenas com as explicações científicas. E não sou um fanático religioso. Pra inicio de conversa nem vou a igreja. Mas reconheço que o poder de Deus está anos-luz à frente dessa ciência tão difundida e discutida no mundo moderno.

Comente

Deixe aqui sua opinião...