Não foi o primeiro, nem será o último estudo sobre o assunto. O Blog da Saúde já ouviu especialistas e alertou sobre os riscos dessa junção.

Essa nova pesquisa avaliou a associação entre o consumo de bebidas energéticas e o risco de alcoolismo. O que mostra é uma linha de pensamento já antes constatada.

Foram avaliados mais de mil estudantes universitários, dos quais cerca de 10% disseram ingerir energéticos pelo menos uma vez por semana.

Aqueles com elevado consumo de energéticos (52 vezes ou mais por ano) apresentavam chances significativamente maiores de desenvolver dependência de bebidas alcoólicas e se embebedavam mais e mais cedo que os demais.

Isso porque a cafeína presente em grande quantidade nas bebidas energéticas pode levar a um estado de embriaguez desperta, na qual a substância mascara a sensação de estar bêbado sem reduzir os prejuízos causados.

A consequência é que, sentindo-se bem, o usuário pode ingerir quantidades ainda maiores de bebida.

O estudo será publicado na revista Alcoholism: Clinical & Experimental Research.

- Bebidas energéticas: consumir ou não?

- Bebidas Energéticas – Atenção e Moderação

COMENTÁRIOS:

Comentários

3 Respostas para “Para quem toma energético misturado à bebida alcoólica”
  1. Mazz disse:

    Imagina o mal que isso faz…

  2. luika disse:

    nossaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!
    quem diria q uma bebida tao simples daria tantos resultados contrários!

Comente

Deixe aqui sua opinião...