Se você pratica esporte, já deve ter escutado alguém dizer: − “Não se esqueça de alongar antes de iniciar a atividade física, é importante!”

Mas você sabe por que alongar? O alongamento é realmente necessário e faz bem à saúde do atleta, seja ele profissional ou amador?

A questão gera muita discussão entre os especialistas. Alguns defendem que sim, outros acham melhor deixar o alongamento só para depois da atividade física.

“Este assunto ainda é muito controverso. Alguns profissionais defendem o alongamento em qualquer circunstância (esses são a grande maioria), outros que são críticos e o usam somente em algumas situações. Há ainda quem entenda que eles só são necessários em casos específicos”, informa Paulo Henrique Bonacella, professor e consultor técnico do Portal da Educação Física.

O alongamento pode ser prejudicial?

Tanto as ações cotidianas, como dirigir e limpar a casa, quanto atividades físicas, como jogar futebol ou praticar musculação, exigem movimento das articulações do corpo.

O ato de alongar sempre envolve a participação das articulações. Se elas não estiverem bem posicionadas (descentralizadas), o alongamento pode causar lesões e ser prejudicial para os músculos, ligamentos, tendões, ossos e para as próprias articulações.

De acordo com Richard Biton, diretor do Instituto de Fisioterapia Analítica e precursor do Conceito Sohier no Brasil, se as articulações estão saudáveis, não há prejuízos para o corpo humano no alongamento prévio.

“O grande problema é saber quando nossas articulações estão saudáveis ou não. De qualquer forma, a ausência do alongamento antes de uma atividade física não vai prejudicar o organismo”, completa Biton.

Desempenho prejudicado

Estudos recentes demonstraram que o alongamento, antes do exercício físico, pode prejudicar o desempenho em algumas modalidades esportivas, especialmente àquelas que dependem da força, potência muscular ou precisão, como tiro ao alvo e tiro com arco.

Isso se deve ao fato do alongamento ser capaz de reduzir a rigidez do sistema músculo-tendão diminuindo, assim, a capacidade do músculo em gerar tensão.

Além disso, de acordo com o Dr. Rômulo Bertuzzi, professor da Escola de Educação Física e Esporte – USP outras evidências científicas demonstraram que, diferentemente do senso comum, o alongamento não é capaz de prevenir as lesões osteomusculares, àquelas causadas por exercícios repetitivos.

Aquecimento X Alongamento

O diretor do diretor do Instituto de Fisioterapia Analítica, Richard Biton, ainda ressalta que é comum que as pessoas confundam aquecimento com alongamento.

Antes de praticar exercícios, o aquecimento é fundamental! O objetivo é preparar a fibra muscular para o esforço, aumentando sua vascularização. Já o alongamento não prepara necessariamente para o esforço.

O assunto ainda é polêmico. Quanto mais pesquisas sobre o alongamento prévio, mas discussões são geradas! E você, o que acha? Dê a sua opinião!

COMENTÁRIOS:

Comentários

2 Respostas para “Afinal, é necessário alongar antes da atividade física?”
  1. Dr. Renan disse:

    Para atividades que dependam de esforço físico concentrado, como musculação, deve-se fazer o aquecimento antes da atividade e alongamento após a atividade; outras atividades físicas devem ser iniciadas e finalizadas com alongamento.

Comente

Deixe aqui sua opinião...