Profissão reconhecida e incentivada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a quiropraxia se dedica em avaliar as estruturas do corpo humano responsáveis pela realização do movimento, em especial as relações da coluna vertebral com o meio em que vivemos.

Dessa forma, oferece uma nova proposta terapêutica, voltada ao diagnóstico, tratamento e prevenção de lesões e problemas nas articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas, bem como os efeitos destas alterações sobre a saúde em geral.

É uma área da saúde ainda pouco conhecida no Brasil, que surgiu em 1895, nos Estados Unidos.

O tratamento quiroprático é composto por técnicas manuais, orientações de hábitos posturais, programa de exercícios específicos e modificações do estilo de vida. Hoje em dia, a técnica vem sendo utilizada dentro de algumas empresas para promover a saúde e bem-estar dos funcionários.

O Blog da Saúde conversou com David de Mário Porto, da Vital Work, especialista em quiropraxia e serviços terapêuticos, que atua em mais de 50 empresas em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, com uma equipe formada por 25 terapeutas, responsáveis por mais de duas mil consultas por mês.

Como a quiropraxia age?

David de Mário Porto: Quiropraxistas podem detectar com precisão o local de origem do problema. Um exame detalhado, incluindo análise da postura, realização de testes específicos e, palpação cuidadosa das articulações, músculos e outras estruturas afetadas, informa ao profissional qual o local afetado.

Obtido o diagnóstico, é traçado um plano de tratamento apropriado a cada condição. A principal técnica utilizada é a manipulação ou ajustamento articular. Trata-se de um movimento rápido e preciso, que normalmente vem acompanhado por um estalo, realizado na articulação que está causando dor ou limitação de movimento.

Pessoas de todas as idades podem se beneficiar da quiropraxia, no entanto, o tratamento é feito com o emprego de técnicas específicas para cada idade.

Quais são os principais benefícios?

DMP: Os benefícios geralmente envolvem: diminuição da dor, relaxamento da musculatura e o aumento da mobilidade do corpo. A grande maioria dos pacientes submetidos ao tratamento de quiropraxia relatam a sensação de um corpo mais leve, relaxado, alinhado e mais disposto para enfrentar as exigências físicas do dia-a-dia.

Quais problemas são tratados com a quiropraxia?

DMP: Existe uma infinidade de problemas tratados com a quiropraxia, basicamente, as que apresentam melhores resultados são:

Dor muscular e/ou articular;
Dor nas costas;
Hérnias de disco;
Dor de cabeça causada por tensão (cefaléia tensional);
Restrições à movimentação;
Distúrbios posturais, como hiperlordose e escoliose;
Coadjuvante no tratamento de cólica menstrual;
Coadjuvante no tratamento de bronquite asmática.

Como a Quiropraxia pode ajudar no dia-a-dia?

DMP: As atividades comuns ao nosso dia-a-dia podem fazer com que as junções entre os ossos da coluna percam seu alinhamento ou movimento normal. Essas alterações podem ocorrer com maior ou menor gravidade, tornando-se dolorosas e afetando outras vértebras, músculos e nervos.

Com o passar do tempo, quando os problemas persistem, essa situação pode progredir, provocando o surgimento de alterações degenerativas, como a osteoartrose.

Imagine uma pessoa diariamente submetida a fatores estressantes, que a obriga adotar posturas viciosas e realizar movimentos repetitivos. Se associada ao sedentarismo e as tensões emocionais, certamente resultarão no desenvolvimento de “disfunções articulares”, seguidas de dores que, direta ou indiretamente, influenciarão no seu rendimento pessoal e profissional.

A quiropraxia, se aplicada por um profissional capacitado, poderá restaurar a função mecânica do corpo, proporcionando o alivio imediato da dor e reduzindo os riscos de desenvolver lesões futuras por sobrecarga no trabalho ou na vida pessoal.

Como funciona terapia corporal dentro das empresas?

DMP: Geralmente, a quiropraxia é aplicada dentro de uma sala reservada disponibilizada pela empresa para que o funcionário possa se sentir mais a vontade e desligado do ritmo acelerado de trabalho.

As sessões duram em média 15 a 20 minutos e não necessitam de nenhuma roupa específica. O quiropraxista avalia o quadro clínico do funcionário por meio de testes específicos que apontam as estruturas do corpo que não estão funcionando corretamente e que, frequentemente, sofrem sobrecarregas durante as atividades profissionais.

Após a identificação, o profissional aplicará uma série de técnicas manuais específicas para restaurar as funções mecânicas do corpo, e com isso reduzir as dores e/ou tensões quando presentes, como também, prepará-lo para as demandas físicas exigidas na atividade profissional.

Qual benefício para os funcionários?

DMP: É fundamental ter consciência de que o corpo funciona como uma máquina, que exige atenção e cuidados especiais para que não quebre ou reduza seu rendimento. Se não tivermos essa preocupação, viveremos uma velhice com o corpo limitada e geralmente, com dores que infelizmente se tornam irreversível.

O papel da quiropraxia não está apenas em restaurar as disfunções mecânicas do corpo ou aliviar dores, mas também, em dar melhores condições e orientar sobre as formas e cuidados corretos que precisamos ter.

Qual benefício para a empresa?

DMP: A empresa se beneficia em todos os sentidos, pois não apenas contará com profissionais mais dispostos, como também agregará valor ao funcionário, capaz de contribuir com a redação de custos.

Com as sessões de quiropraxia é possível reduzir o absenteísmo por motivos de saúde, custos tributários com previdência, além de evitar altos reajustes dos planos de saúde devido à taxa de sinistralidade.

A quiropraxia tem alguma contra-indicação?

DMP: Como toda terapia, existe sim contra-indicações, Porém, no caso da quiropraxia, são poucas as patologias que realmente impedem o tratamento. O indicado é consultar um especialista para uma avaliação.

COMENTÁRIOS:

Comentários

5 Respostas para “Saúde nas empresas: Você conhece a quiropraxia?”
  1. Bianca disse:

    A quiropraxia é um curso que as pessoas ainda não têm muito contato, não conhecem direito.
    Então queria dar uma dica para o pessoal que tem interesse em se aprofundar no assunto.
    Na Universidade Anhembi Morumbi tem um curso de graduação em quiropraxia, é reconhecido pelo MEC e está todo dentro dos conformes.
    E as incrições pro vestibular estão abertas ;)

  2. A QUIROPRAXIA é sem dúvida o futuro em tratamento preventivo, com baixo custo, seguro e sem efeito colateral!!

Comente

Deixe aqui sua opinião...