A Vila Clementino, na Zona Sul de São Paulo, contará com o primeiro hospital do país voltado para o atendimento exclusivo de urgência de traumatismos graves em UTIs.

O futuro bairro universitário, projeto da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), terá investimento total de R$ 120 milhões nos próximos cinco anos.

Serão construídos cinco prédios na região que já abriga o campus da instituição. A maior parte das obras ficará sob responsabilidade da universidade. A prefeitura fará a reforma das calçadas nas ruas Pedro de Toledo e Borges Lagoa.

Já foram gastos R$ 18 milhões para a compra de um prédio e outros R$ 4 milhões serão utilizados na adaptação do imóvel. Não há prazo para conclusão das obras.

Transplantes

A capital também passa a contar com o primeiro hospital público do Brasil especializado em transplantes, o Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini.

Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo Dr. Euryclides de Jesus Zerbini (Divulgação)

A proposta é tornar o local referência em transplantes de rim, fígado, pâncreas, medula óssea e córneas.

O complexo tem capacidade para realizar mais de 630 transplantes de órgão e tecidos por ano. Não serão feitas operações entre pessoas vivas.

O hospital, que antes tinha o nome de Hospital Brigadeiro, fica na Avenida Brigadeiro Luis Antônio. O local foi inteiramente reformado e modernizado, com investimentos de R$ 37,3 milhões entre obras e equipamentos. O complexo ganhou oito salas especiais para transplantes, com sistema de ventilação controlado para evitar infecções.

A equipe, com cerca de 80 médicos, se dividirá em áreas de especialidades para os atendimentos. O hospital já começou a receber pacientes candidatos a transplantes.

*Com informações da FSP.

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...