Para antecipar o Dia Mundial sem Tabaco, comemorado em 31 de maio (segunda-feira), os cientistas americanos trazem boas notícias: aproximam-se da primeira vacina para ajudar a parar de fumar e evitar que as pessoas voltem ao vício.

Diferente dos chicletes de nicotina, adesivos ou qualquer outro método visto até hoje, a vacina bloqueia a sensação de prazer que a nicotina gera no fumante quando provoca a liberação da dopamina, um estimulante.

Por isso, além de parar de fumar, a pessoa estará ‘imune’ à sensação de prazer causada pelo cigarro por um determinado tempo, assim como as vacinas que protegem das doenças.

Os métodos convencionais são feitos para o fumante “parar aos poucos” e mesmo assim, estudos comprovam que mesmo entre aqueles que largam o vício, as chances de retomada são muito grandes – chegam a 90%.

A Organização Mundial da Saúde lembra que o tabagismo é a segunda causa de morte em todo o mundo, só perde para hipertensão.

A NicVax, nome dado à nova vacina, terá sua fase de testes e eficácia comprovada em 2012. Se tudo ocorrer como os cientistas esperam, neste mesmo ano citado estará no mercado.

O Dia Mundial sem Tabaco vem aí para alertar os males causados pelo cigarro. Pare de fumar ou ajude a quem precisa!

* Este post conta com informações do O Globo

COMENTÁRIOS:

Comentários

Uma Resposta para “Vacina para parar de fumar em teste”

Comente

Deixe aqui sua opinião...