Reduzir em dois terços a taxa mortalidade infantil é uma das metas do milênio da Organização Mundial da Saúde, assim como melhorar a saúde das gestantes. O prazo é até 2015.

Para isso, junto à UNICEF, a OMS produziu um relatório para saber quais são as doenças que mais matam crianças de até 5 anos de idade, em uma pesquisa que inclui 193 países.

Pneumonia, diarreia e malária, são as que mais ameaçam a saúde dos pequenos, nessa ordem. Sem contar que metade das mortes ocorrem em cinco países: Índia, Nigéria, República Democrática do Congo, Paquistão e China.

Os óbitos, em sua maioria (41%), acontecem quando os bebês ainda são considerados recém-nascidos – com até 27 dias. E a principal causa é alguma complicação do parto prematuro. Em seguida vem asfixia no parto, infecção generalizada e pneumonia.

Muitas dessas vidas poderiam ter sido salvas apenas com o uso de antibióticos, reidratação ou vacinação.

China

A cada hora, um bebê nasce com sífilis na China. A infecção bacteriana sexualmente transmissível tornou-se mais comum em Xangai, maior cidade do país, segundo artigo publicado no New England Journal of Medicine.

Os bebês infectados podem nascer com baixo peso e infecções. A sífilis também pode causar surdez, problemas neurológicos e deformidade nos recém-nascidos.

Brasil

As complicações do parto antes de hora ainda são responsáveis pela maior parte dos óbitos. As mortes por diarreia já diminuíram muito no país.

O desenvolvimento socioeconômico é responsável por boa parte da diminuição das taxas! Que medidas poderiam ser tomadas? Comente.

objetivosdomilenio.org.br

Para saber mais, clique aqui.

COMENTÁRIOS:

Comentários

15 Respostas para “Pneumonia e Diarreia – principais causas de mortalidade infantil”
  1. ana lívia disse:

    bom que legal que este indice diminuiu eu tava fazendo um trabalho escolar e isso exclareceu tudo!!!
    obrigada!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. cleuza correa patricio disse:

    gostei muito do texto,é o que eu estava procurando para omeu trabalho,pois estou fazendo curso de cuidador de pessoas.obrigada

  3. letici@ disse:

    essas doenças não deveriam ser umas das principais causas e mortalidade infantil, pois são fasseis de curar

  4. Laice disse:

    Isso é otimo tava fazendo pesquisa e isso disse tudo o que era pra dizer!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. sarinha disse:

    essa pesquisa abriu meus olhos

  6. sarinha disse:

    q legal essa iniciativa

  7. Meirielly disse:

    Seria muito bom se todos se concientizasse da importancia na saúde da criança,infelizmnte os própios pais se excluem dessa tarefa tão importante.vamos sim continuar com esses recursos e nos unir trazendo mais inovaçoes para totalizar,ouseja,finalizar essa situação.

  8. émilly disse:

    muito legal gosteiiii site muito educativo!!!!

  9. raquel disse:

    muito bom.

Comente

Deixe aqui sua opinião...