Doem os braços, a coluna, as penas…As dores musculoesqueléticas, agudas, crônicas apresentam-se geralmente por lombalgias, tendinites, tendonoses, neuropatias, mialagias e fraturas por estresse.

Infelizmente esse tipo de problema afeta cerca de 90% da população, sendo 33% dos adultos na forma crônica – o que ocasiona uma média de 30% de absenteísmo no trabalho.

A pratica de atividades físicas com acompanhamento médico pode mudar esse cenário. No Centro de Dor e Neurocirurgia Funcional do Hospital Nove de Julho a campanha educacional de 2010 tem como tema principal as dores musculoesqueléticas.

Segundo o Dr. Claudio Fernandes Corrêa, neurocirurgião e coordenador do Centro de Dor do Hospital

“Em qualquer nível, seja crônica ou aguda, a dor causa transtornos em toda a cadeia social, de crianças a idosos. A dor musculoesquelética, em particular, está muito atrelada ao trabalho, trazendo prejuízos físicos, econômicos e sociais para seus portadores e a sociedade como um todo.”

Se você faz parte desse cenário ou conhece alguém que sofre com dores musculares o incentivo e a iniciativa são os melhores remédios. Em breve o Centro de Dor divlugará as ações que serão realizadas gratuitamente à população. Para saber mais sobre o trabalho clique aqui.

“O Blog da Saúde apóia e incentiva encontros como esse. A troca e a disseminação de conhecimento são fundamentais para a cura e a adoção de hábitos saudáveis.”

COMENTÁRIOS:

Comente

Deixe aqui sua opinião...